Divulgação é a alma do negócio

[Por MTur, 16/05/2013]
Os destinos turísticos do Brasil a um clique de distância. Essa é a proposta do novo portal institucional do Ministério do Turismo na internet, que está passando por uma reforma geral e deverá ser lançado até a Copa das Confederações. Essa e outras oportunidades de divulgação dos destinos turísticos brasileiros foram apresentadas nesta quinta-feira (16) aos gestores públicos presentes ao Encontro Nacional de Turismo, em Brasília.
Técnicos do MTur e da Embratur mostraram o que já é feito para promover o Brasil, nacional e internacionalmente, e explicaram como acessar essas possibilidades. Elas vão de conteúdo disponibilizado pelo portal do MTur a campanhas publicitárias, material de divulgação, apoio para a realização de eventos e divulgação internacional.
A coordenadora geral de Marketing e Publicidade, Roberta Campos, apresentou as campanhas mais recentes realizadas pelo MTur, como as do Sistema Brasileiro de Classificação de Hospedagem (SBClass) e do Viaje Mais. A reformulação do MTur foi explicada por Mariá Bonato, da Diretoria de Marketing, que enfatizou a necessidade de oferecer informações detalhadas sobre os destinos. Todas as unidades da federação serão consultadas para participar do novo portal.
A Diretoria de Marketing também disponibiliza verba para promoção e divulgação dos destinos por meio de convênios, desde veiculações na mídia até a confecção de material promocional. “É preciso estar adimplente e de acordo com as normas da Portaria Interministerial 507/2011 e 112/2012 do MTur”, afirmou o técnico José Osmar. O coordenador-geral de Análise de Projetos da Secretaria Nacional de Políticas de Turismo, Bernardo Soares, explicou os critérios para apoio a eventos, também ditados pela Portaria 112/2012 do MTur, e enfatizou a necessidade de cumprir as normas dos editais para ter os projetos aprovados.
A assessora da Embratur Patrícia Fernandes mostrou aos participantes todas as possibilidades de promoção internacional, fazendo um histórico do Plano Aquarela, que desde 2005 é a base metodológica de todo o trabalho de promoção internacional realizado pelo Brasil. “Nesse período, a oferta de produtos brasileiros hoje comercializados pelos operadores internacionais aumentou 120%, e o grau de satisfação dos turistas estrangeiros que visitam o Brasil é altíssimo: 86% querem voltar e 99% recomendariam o destino.”
Fernandes reforçou, para os presentes, a necessidade de oferecer informações detalhadas dos destinos em seus portais, inclusive em outras línguas, e considerar como estratégias importantes o turismo de eventos e negócios e por nichos, como LGBT e de luxo. Outra prioridade destacada pela assessora da Embratur é trabalhar para que o turista que vem para eventos e negócios permaneça mais tempo no local, seja antes ou depois. “Estamos entre os 10 destinos que mais realizam eventos no mundo, e já foi comprovado que o Brasil é um destino que fideliza os clientes”.