Sebrae/PR realiza seminários sobre turismo de negócios e eventos

[Por INCorporativa, 14/06/2013
Com a proposta de desenvolver e fortalecer o turismo de negócios e eventos no Paraná, o Sebrae/PR promoveu em Londrina o Seminário Paraná MICE. O evento contou com a participação de representantes de sindicatos, cooperativas, associações, universidades, secretarias e lideranças do setor de turismo, na última quinta-feira, dia 13. O Seminário, que acontece também em outras regiões do Paraná durante esta semana, tem o apoio do Institut Cerdà, de Barcelona, na Espanha.
A atuação no chamado segmento MICE (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions) no Paraná iniciou em 2012, com a assinatura de um convênio entre representantes do Institut Cerdà, do Sebrae/PR, do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, da Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do Paraná (FCVB-PR) e da Secretaria de Turismo do Paraná (SETU).
Julio Cezar Agostini, diretor de Operações do Sebrae/PR, afirma que o bom momento econômico brasileiro e os eventos esportivos que vão acontecer no Brasil nos próximos anos suscitaram a reflexão sobre as oportunidades no segmento de turismo. \”Estudos apontam a possibilidade do Brasil ser, em 2022, a terceira economia do mundo. Por isso, devemos prestar mais atenção nas cidades polos e organizá-las para atrair o turismo de negócios e de eventos.\”
A intenção do Sebrae/PR é utilizar o benchmarking de Barcelona, que recebe 12 milhões de turistas ao ano, e a expertise do Institut Cerdà na área de turismo para desenvolver o Paraná MICE, cujo objetivo é consolidar o estado como um destino competitivo no segmento de turismo de negócios.
O evento
Durante o Seminário Paraná MICE, Angel Diaz, consultor do Institut Cerdà de Barcelona, na Espanha, ministrou a palestra \”Barcelona – Caso de Sucesso em Turismo MICE\”. O consultor do Sebrae/PR em Londrina, Sergio Garcia Ozorio, também apresentou o Projeto Paraná MICE – Turismo de Negócios e Eventos, iniciativa que já envolve 200 empresas do segmento em todo Estado e que será realizada até 2016.
De acordo com Sergio Ozorio, a realização do Seminário dá início a execução do Programa Paraná MICE em Londrina. Além disso, o evento visa a sensibilização dos empresários e entidades relacionados ao setor com o intuito de fomentar parcerias com instituições locais e regionais para fortalecer o turismo de negócios e eventos – segmento responsável pela atração de 43% dos 13,2 milhões de visitantes que o Paraná recebe por ano.
\”Trata-se do segmento mais rentável e o que mais dá resultados efetivos para o turismo local e do Estado. O turista que vem participar de eventos empresariais é o que mais gasta no destino com hospedagens e com alta gastronomia, justamente porque boa parte tem as passagens custeadas pelas empresas e instituições. Esse turista gasta até três vezes mais do que um turista tradicional\”, afirma o consultor do Sebrae/PR.
Conforme Sergio Ozorio, o Paraná possui vocação para o turismo de negócios, uma vez que a localização é privilegiada. \”Estamos perto de São Paulo e temos facilidade de acesso. Além disso, somos referência nos setores econômicos e científicos.\”
O turismo de negócios gera renda para a cidade e movimenta cerca de 50 segmentos da economia. Para o consultor do Sebrae/PR, no caso específico de Londrina, o maior desafio é criar um fundo de investimento para o turismo. A cidade recebeu em 2012 por 3.300 eventos, que atraíram mais de 1 milhão de pessoas e geraram renda de R$ 200 milhões.
Sergio Ozorio informa ainda que as ações do Paraná MICE dirigidas a Londrina já estão em andamento. Em julho será concluído um diagnóstico sobre o turismo de negócios e eventos em Londrina. A partir do estudo, no mês agosto, várias entidades, que já compõem a governança na cidade, farão um planejamento estratégico do segmento para dar início a etapa de monitoramento das atividades. Estão previstas também capacitações para as empresas que participam da cadeia do turismo, principalmente nas áreas de hospedagem, alimentação, transporte e agenciamento.
Já fazem parte da governança em Londrina, além do Sebrae/PR, a Associação de Bares e Restaurantes (ABRASEL), a Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), a Universidade Norte do Paraná (UNOPAR), o Londrina Convention Bureau e o Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel).