ABIH-BA divulga números da hotelaria em Salvador

[Por Revista Hotéis, 15/10/2012]
A ABIH-BA ─ Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia, divulgou recentemente números da hotelaria em Salvador no mês de setembro, os quais apontaram uma ocupação média de 61,6 % e diária média de R$ 189,09. Os dados foram levantados em uma pesquisa realizada pela entidade em conjunto com a ABIH Brasil. Ao todo foram contemplados 22 hotéis de grande e médio porte da capital baiana, somando juntos 3.400 apartamentos.
Os dados de setembro ficaram acima da taxa média de ocupação acumulada de janeiro a julho de 2012 (57,1%) e abaixo da diária média acumulada dos primeiros sete meses do ano (R$ 206,7). Comparando-se os resultados de setembro com o mês anterior, verifica-se taxa média de ocupação e diária semelhantes às de agosto (60,5% e R$ 187,52, respectivamente). A diária media de setembro é cerca de 13% inferior ao mês de julho (R$ 215,87), tradicional período de férias que movimenta a hotelaria.
Em comparação com dados de outras capitais, no mês de setembro Salvador ficou abaixo da média representando 61,6%. Aracaju representou 90,19%, Belo Horizonte 68,09%, Vitória 68,82%. Acidade só ficou acima da média em comparação com Brasília, a qual ficou com 43,89%.
De acordo com José Manoel Garrido, Presidente da ABIH-BA, os números refletem as dificuldades enfrentadas pelo turismo em Salvador. Por conta desses entraves, a cidade não consegue aproveitar o bom momento do mercado de viagens doméstico, impulsionado pelo aumento da renda e dinamismo econômico interno. “Espera-se que o início da nova gestão municipal seja acompanhada por obras de requalificação da orla atlântica, dos pontos de principal interesse turístico, dos parques metropolitanos, segurança, dentre outras iniciativas imprescindíveis para devolver a Salvador o papel que lhe cabe dentre as capitais turísticas do país com maior potencial de desenvolvimento”, declarou Garrido.