Líderes entregam documento de reivindicações ao MTur

[Por Panrotas, 01/04/2014]
O Ministro do Turismo, Vinícius Lages, o candidato à presidência do País, senador Aécio Neves, e o presidente da Câmara do Turismo, Renato Molling, receberam agora na abertura do Fórum PANROTAS – Tendências do Turismo, das mão do presidente da PANROTAS, Guillhermo Alcorta, e de outros 13 líderes do turismo o documento “Reivindicações da Indústria do Turismo”, uma iniciativa da PANROTAS e que traz quatro reivindicações prioritárias, além de outras divididas por setores.
“Esperamos que este documento seja o início de uma nova conversa entre os líderes dos setores e as entidades governamentais e que ele possa traçar diretrizes capazes de trazer ainda mais desenvolvimento ao setor”, falou o presidente da PANROTAS, Guillermo Alcorta, na abertura do Fórum PANROTAS.
O ministro Lages recebeu das mãos de Guillermo Alcorta e prometeu usar o documento como base da sua gestão à frente do Ministério. “Recebo o documento em um momento oportuno, no qual tenho pouco tempo à frente do MTur e com a Copa do Mundo batendo à porta. Com este documento vamos entender as reivindicações do setor e já sabemos aonde temos que atuar. Este documento vem em boa hora”.
Além da PANROTAS, participam do documento as entidades Abav, Abear, Abeoc, Abracorp, Alagev, Braztoa, Clia Abremar, CVC/GJP, FBHA/CNC, Fohb, Grupo Ancoradouro, Resorts Brasil, Rextur Advance, Sindetur-SP e SPCVB.
O Fórum PANROTAS é realizado em aliança institucional com CNC Sesc Senac, com patrocínio do Sebrae, Chile, CVC, Gol, Pernambuco, American Airlines, GJP Hotels & Resorts, Sabre, Tap Portugal, Noah Gastronomia, R1 Audiovisual, Esferatur, Gapnet, GTA, Totvs Reserve, Best Western, Dallas/Fort Worth International Airport, Farecompare, Localiza, Royal Palm Resort Campinas, StarAlliance e apoio de Bysense, B4T, Tour House, Shift Mobilidade Corporativa e Vice Versa Intérpretes. O Prêmio PANROTAS de Inovação em Tecnologia para o Turismo – patrocinado pela Alatur JTB – será entregue durante o evento.
Para fazer o download do documento, clique aqui.