Em DAVOS, o fator econômico do Turismo

[Por Brasilturis, 30/01/2012]
Um dos setores que mais pode estimular a economia mundial e colaborar decisivamente para a superação da crise que ameaça importantes regiões, como o bloco europeu da zona do euro. Este reconhecimento pela importância da atividade foi apresentado em estudo divulgado durante o Fórum Económico Mundial de Davos, na Suíça, realizado no período de 25 a 29 de Janeiro.
Conduzido pela empresa de estudos de mercado Penn Shoen Berland a pedido da Marriott International, 96% dos entrevistados nesta pesquisa defendem que o turismo estimula a economia mundial. E também revela que o turismo pode desempenhar um papel fundamental no entendimento dos povos, com 77% dos entrevistados considerando que quanto maior for o número de experiências vividas em outros países, com mais viagens e conhecimentos, mais a paz será favorecida.
A pesquisa foi realizada com 1.100 entrevistas aplicadas a viajantes de oito países, Brasil, China, França, Alemanha, Índia, Espanha, Reino Unidos e EUA. E teve um dado complementar produzido pela World Travel & Tourism Council (WTTC), indicando que a indústria das viagens e turismo deve gerar cerca de 69 milhões de postos de trabalho em todo o mundo, 80% dos quais na América Latina, Ásia, Médio Oriente e África.
E se a dinâmica de viajar realmente favorece este entrelaçamento, os grandes eventos reforçam nitidamente este cenário. Um bom exemplo será o Rio+20, de 20 a 22 de Junho, iniciativa das Nações Unidas que vai transformar a Cidade Maravilhosa na capital ecológica do mundo. O evento deverá contar com a participação de mais de 50 mil turistas.
Na conferência promovida pelas Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, o turismo estará entre os temas diretos e indiretos. O evento também funcionará como prova real no teste para a cidade que vai acolher os milhares de turistas esperados em eventos como o Mundial de 2014 ou os Jogos Olímpicos de 2016.
De acordo com o SindRio – Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro -, 94% dos hotéis da cidade já estão com a ocupação máxima para o período do evento.