Diretores do Festuris comemoram lançamento do Plano do Turismo do RS

[Por Brasilturis, 30/05/2012]
Eduardo Zorzanello (diretor do Festuris), Abgail Pereira (secretária Estadual do Turismo), Marta Rossi (diretora do Festuris) e governador Tarso Genro estiveram no lançamento do projeto
Um dos responsáveis pela criação do evento que alavancou o desenvolvimento turístico do Rio Grande do Sul, há 24 anos, a diretora do Festival do Turismo de Gramado (Festuris), Marta Rossi, aplaudiu a divulgação do Plano de Desenvolvimento do Turismo do Estado, no dia 28.
“É um momento histórico, pois quando lançamos o festival (em 1988), provocamos o mercado a se fortalecer, mostrando que tínhamos espaço e produto para nos desenvolvermos. Me sinto realizada de participar da apresentação de uma proposta feita com seriedade pelo governo”, elogiou Marta, que participou da solenidade, no Palácio Piratini, acompanhada do sócio e também diretor do evento, Eduardo Zorzanello. Em seguida, ambos foram convidados para um almoço com o governador Tarso Genro, a secretária estadual do Turismo, Abgail Pereira, e representantes do trade turístico.
O plano representa o trabalho realizado pela Secretaria do Turismo (Setur) até o momento. “Ele sintetiza em forma e conteúdo o debate que travamos nas onze conferências regionais e nas cinco temáticas que organizamos no ano passado. A partir do documento elaborado na nossa Conferência Estadual do Turismo, chegamos a este plano que traça os caminhos para o desenvolvimento do setor no Estado”, explicou Abgail.
Segundo a secretária, o plano apresenta dezeixos estratégicos, que são balizadores do documento, assim como cinco grandes desafios. “Nestes cinco desafios, temos 25 projetos a serem trabalhados. Com isso, queremos enfrentar as desigualdades sociais e fazer uma gestão que contemple o turismo inclusivo. Tenho certeza que vamos potencializar o setor e fazer com que as oportunidades estejam ao alcance de todos. Nosso plano é um marco na atividade política deste Estado.”
Os desafios do plano são: implementar sistema de Gestão do Turismo no Rio Grande do Sul; preparar o Estado para captar e realizar grandes eventos; aumentar a competitividade das regiões turísticas gaúchas; posicionar o produto turístico Rio Grande do Sul no mercado nacional e internacional e fomentar o empreendedorismo, a inovação e a qualificação dos serviços turísticos.
O diretor de Mercados Internacionais da Embratur, Marcelo Pedroso, ressaltou a importância do Rio Grande do Sul para o turismo nacional. “O Estado tem papel estratégico na promoção internacional, uma vez que faz fronteira com importantes países. Estamos prontos para atuar em conjunto com a Setur e fortalecer a nossa parceria”, revelou Pedroso, que prestigiou a solenidade. Para Genro, o plano é uma grande conquista. “Este plano é uma visão do desenvolvimento do Rio Grande do Sul. Se formos observar todos os outros que já foram apresentados, veremos que o Estado está fazendo uma revolução construtiva”, disse.