Líderes empresariais recebem a Ordem do Mérito Comercial

[Por CNC, 15/12/2011]
A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), realizou nesta quinta-feira (15/12), no Rio de Janeiro, a entrega de dezessete comendas da Ordem Nacional do Mérito Comercial a personalidades que se destacaram pelo incentivo ao comércio de bens, serviços e turismo em 2011.
O presidente da CNC, Antonio Oliveira Santos, disse algumas palavras aos agraciados. “O Conselho da Ordem deliberou por homenagear àqueles membros da Diretoria, eleitos para o mandato 2010/2014, e presidentes de federações filiadas à CNC, ainda não agraciados, distinguidos com a honraria, pelas suas efetivas atuações como líderes empresariais em seus respectivos estados ou na categoria que representam”, disse.
Em seguida, o Chanceler da Ordem e vice-presidente administrativo da CNC, Josias Albuquerque, entregou as comendas aos homenageados. Receberam as insígnias no grau de Comendador os presidentes das federações do comércio de Tocantins, Hugo de Carvalho; do Espírito Santo, José Lino Sepulcri; de Minas Gerais, Lázaro Luiz Gonzaga; de Rondônia, Raniery Araújo Coelho; de Alagoas, Wilton Malta de Almeida; do Rio Grande do Sul, Zildo De Marchi; do Sergipe, Abel Gomes da Rocha Filho; da Bahia, Carlos Fernando Amaral; do Rio Grande do Norte, Marcelo Fernandes de Queiroz; do Mato Grosso do Sul, Edison Ferreira de Araujo; da Fenacon, Valdir Pietrobon; da Febrac, Ricardo Costa Garcia; da FNHRBS, Alexandre Sampaio de Abreu; da Fecombustíveis, Paulo Miranda Soares; da Feaduaneiros, Daniel Mansano; da Fenavist, Odair de Jesus Conceição, e o ex-presidente da Fecomércio-SE, Hugo Lima França.
Representando os contemplados, o presidente da Febrac, Ricardo Costa Garcia, agradeceu a homenagem. “Na função de líderes de setores empresariais, somos muito demandados pelos associados que pedem melhorias para o ambiente empresarial, mas poucas vezes o nosso trabalho é reconhecido. Boa parte do nosso tempo é oferecida para o desenvolvimento da nossa função de presidente de federação e de líderes sindicais, por isso, esse momento é de uma alegria muito grande, já que representa o reconhecimento a nós por tudo o que desempenhamos por esse setor econômico”, afirmou Garcia.
A Ordem do Mérito Comercial
Em 1975, a CNC idealizou um prêmio voltado para aqueles que, “por qualquer motivo ou benemerência, se tenham tornado merecedores do reconhecimento da Confederação Nacional do Comércio”. Este texto consta da Resolução CNC 90/75, que instituiu a Ordem do Mérito Comercial, em quatro de setembro daquele ano.
A condecoração visa, sobretudo, estimular a prática de ações e feitos de honrosa menção. É conferida a personalidades e instituições, nacionais ou estrangeiras, que tenham se tornado dignas da gratidão e do reconhecimento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, segundo indicação do Conselho da Ordem e com a concordância do presidente.
A Ordem conta com seis classes: Grande Colar, Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. O Artigo 4º da Resolução 90/75 foi alterado pela Resolução 114/79.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *