Centro de Convenções celebra retomada com congressos nacionais e internacionais

Salvador volta com força ao segmento de eventos do país, após um período crítico, por conta das restrições com a pandemia do Covid-19, que provocou grandes prejuízos ao turismo baiano estimado em mais de R$ 7 bilhões, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC).

Maio tem sido um mês importante para o segmento e o Centro de Convenções Salvador (CCS), administrado pelo grupo francês GL events, já percebe esta retomada. Só nesse mês, o CCS teve 80% de ocupação. Um desses eventos é o XIX Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa, previsto para 25 a 28 de maio, considerado o maior congresso científico dessa especialidade na América do Sul, reunindo mais de dois mil oftalmologistas. Recentemente o CCS sediou o principal evento do Judiciário no Brasil.

“Por conta dos turistas de eventos, já percebemos uma maior movimentação na cidade, com a ocupação hoteleira aumentando. É o visitante que a cidade gosta e precisa, porque deixa mais recursos na economia”, ressalta o presidente da Salvador Destination e coordenador da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio-BA, o hoteleiro Glicério Lemos.

O CCS tem ainda 67 eventos agendados apenas para este ano, entre confirmados e a confirmar, com uma expectativa de público superior a 140 mil pessoas. “Estamos muito otimistas com os próximos anos, negociando diversos e variados eventos de grande porte porque temos convicção de que não voltaremos a viver um período como o de dois anos atrás”, pontua o diretor geral do CCS, Ludovic Moullin.

 

Fonte: Bahia Notícias