85% das obras para Olimpíada estão prontas, diz Lummertz em entrevista à CNN

[Por Embratur, 16/10/2015]
O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinícius Lummertz, encerrou agenda oficial nos Estados Unidos cumprindo atendimentos à imprensa estrangeira nesta sexta-feira (16). Em entrevista ao jornalista Richard Quest, do programa Quest Means Business, da CNN, o porta-voz falou que 85% das obras para os Jogos Olímpicos já estão prontas. Na oportunidade, Lummertz destacou que a isenção temporária de vistos poderia estimular mais norte-americanos a irem para o Brasil no próximo ano. Ele defende que, após o evento esportivo, a dispensa evolua de temporária para definitiva.
“A aprovação do projeto, feita pela Câmara dos Deputados, que dispensa o visto para entrada no País, temporariamente para turistas americanos, pode ajudar a aumentar o fluxo turístico dos EUA para o Brasil. Esse início de abertura pode significar muito, mas é preciso avançar mais”, destacou. A medida ainda será votada no Senado Federal.
Já no Today Show, da rede NBC, o presidente da Embratur participou de reunião para definir detalhes operacionais da cobertura jornalística da rede norte-americana para as Olimpíadas. Lummertz sugeriu que os repórteres não se limitem a mostrar somente o Rio de Janeiro. “Durante todo o ano que vem, o Rio de Janeiro será o cartão-de-visita e a porta de entrada para uma nação que tem muito a oferecer ao turismo em termos de belezas naturais, esportes, gastronomia e cultura. Propomos que a emissora de TV e os turistas do mundo inteiro visitem outras cidades brasileiras antes, durante e após os Jogos”, reforçou.
Lummertz esteve ainda com a equipe da Traveller and Leasure, maior revista do segmento de viagens de Luxo. No encontro, o editor Nathan Lump afirmou que o principal entrave para a vinda de mais turistas classe A para o Brasil é realmente a questão do visto – além de demorar mais de um mês para completar o processo, é preciso ir duas vezes ao consulado pessoalmente.
Na quinta-feira (15), Lummertz ministrou palestra no Fórum Global Skift, considerado um dos maiores eventos de negócios criativos na indústria global de viagens. Na oportunidade, ele registrou o esforço feito nos últimos anos para que o Brasil pudesse avançar em termos de infraestrutura, com o objetivo de receber grandes eventos. Segundo ele, a realização dos Jogos Panamericanos (2007), a visita do Papa Francisco (2012), a Copa das Confederações (2013) e a Copa do Mundo (2014) tornaram o Brasil um país confiável para abrigar investimentos em turismo.
Confira a entrevista para a CNN International: