WTM LA 2017 é aberta oficialmente em São Paulo

[Diário do Turismo, 04/04/ 2017]
5ª edição da WTM Latin America, realizada entre 4 a 6 de abril no Expo Center Norte, é aberta oficialmente e reúne membros do trade nacional e internacional.
REDAÇÃO
O trade turístico brasileiro e internacional esteve presente em peso na abertura oficial da 5ª edição da Word Travel Market Latin America 2017. O evento foi aberto oficialmente no Networking Area, espaço dentro do Expo Center Norte, na capital paulista. Na cerimônia diversas autoridades discursaram e confirmaram que a feira é uma oportunidade para incentivar o crescimento do turismo no Brasil. Membros do corpo diplomático, secretários de turismo estaduais e municipais, operadores, diretores de instituições e associações assistiam convictos os discursos.
O primeiro a falar foi Nick Pilbeam, representante da Reed Exhibitions, divisão de feiras. “Uma honra estar aqui na WTM LA e confirmar que o trade brasileiro quer investir no turismo“, disse Pilbeam, que revelou – em inglês – ser brasileiro e nascido no Rio de Janeiro. Lawrence Reinisch, diretor da WTM Latin America, ressaltou que a economia está difícil especialmente nos últimos dois anos, mas “temos que ter uma feira que ressalte a diversidade. O turismo gera empregos, aumenta a renda e instiga a solidariedade e uma sociedade mais justa“.
“Estamos trabalhando muito para o turismo de nosso país. Deixo a presidência da Braztoa, mas sei que nossos números são excelentes. Dos 89 associados, em 2016, todos faturamos 11,33 bilhões de reais. Um crescimento de 3% com relação ao ano passado“, contextualizou Mônica Nassar, presidente da Braztoa. A diretora de comunicação da Organização Mundial de Turismo, Sandra Carvão, foi outra que convidou aos presentes a difundirem boas práticas no turismo. Leu uma mensagem do presidente atual da OMT e frisou “hoje o turismo é 10% do PIB mundial e a cada 10 empregos gerados, um é do turismo“.
“Temos que fazer uma profissão de fé no turismo. As reformas ofertadas pelo governo Temer como a trabalhista, da previdência, política, são alguns exemplos de mudanças que o Brasil necessita com urgência. Não adianta dar um voo de galinha sem desenvolvimento e a curto prazo. O turismo gera fluxo, gera renda e oportunidades“, pontuou Vinicius Lummertz. Já o ministro do turismo, Marx Beltrão, foi na mesma linha. Ressaltou que o governo está buscando a recuperação da economia. “O turismo tem um potencial gigantesco, mas já deveria ter sido impulsionado há muitos anos. Não sou contra as políticas socialistas praticadas pelo governo anterior, mas, acredito que, elas não podem ser únicas, se não o país não avança completamente“, disse Beltrão.
Na cerimônia discursaram ainda Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte, Laércio Benko, secretário de estadual turismo de São Paulo e David Barioni, presidente da SPTuris. A WTM Latin America, realizada entre 4 a 6 de abril no Expo Center Norte, atrai 9000 executivos dos mais conceituados na indústria de turismo da América Latina. Em 2016 gerou mais de US$ 370 milhões em novos negócios, que foram realizados entre expositores e compradores.