Argentinos devem deixar US$ 100 mi na economia do Rio

[Por Panrotas, 11/07/2014]
Com expectativa de receber 70 mil turistas argentinos neste final de semana por conta da final da Copa do Mundo, o governo do Rio de Janeiro prevê que torcedores vizinhos injetem US$ 100 milhões na economia do estado. O cálculo foi feito com base na ocupação hoteleira da capital (100% no final de semana), dos hotéis das cidades vizinhas (90% no final de semana) e no Terreirão do Samba e o Sambódromo, que já contam com mais de 200 carros, trailers e motorhomes.
Para o secretário estadual de Turismo, Claudio Magnavita, a vinda de tantos turistas em veículos próprios foi uma surpresa e que o governo está monitorando as fronteiras, já que o número pode superar os 500 motorhomes recebidos em Porto Alegre para a partida entre Argentina e Nigéria, na primeira fase da Copa.
Depois da Copa, o projeto SOS Turista, que ampliou o atendimento a visitantes estrangeiros, será reduzido, para ser retomado nas Olimpíadas de 2016, quando são esperados 10,5 mil atletas e 2 milhões de visitantes no Rio de Janeiro. Durante o Mundial, os postos nos dois terminais de desembarque do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão, no Aeroporto Santos Dumont, na Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat), no Leblon; e no Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur), em Copacabana.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *