Empresários e políticos buscam soluções para o Turismo de SC

[Por EconomiaSC, 30/10/2015; Por Embratur, 30/10/2015;  Nova Veneza, 31/10/2015]
Uma importante aproximação de relacionamento foi realizada nesta sexta-feira, 30, pelo Fórum de Turismo da Grande Florianópolis (Fortur) e o Fórum do Setor de Eventos (ForEventos) com o presidente da Comissão de Turismo da Câmara Federal, deputado Alex Manente (PPS). A reunião aconteceu no Il Campanario Resort, em Jurerê Internacional, em Florianópolis e contou, além da presença de empresários do trade turístico e de eventos, com a presença do presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, além de lideranças políticas e empresariais de Santa Catarina. O principal objetivo da reunião foi debater a Medida Provisória 691 que trata da gestão da Orla.
A Medida Provisória está em análise numa comissão mista da Câmara dos Deputados e o seu prazo de votação no plenário é 7 de fevereiro de 2016. Na próxima quarta-feira, dia 4 de novembro, terá uma nova reunião da comissão. O deputado federal Alex Manente se comprometeu em levar um pedido para que seja analisado pela sua comissão de Turismo, para a realização de uma audiência pública, junto a comissão mista que analisa a MP. A deputada federal por Santa Catarina, Carmen Zanotto (PPS), se comprometeu de levar a proposta para os demais membros da bancada catarinense. Também estiveram presentes representantes do deputado federal Esperidião Amin (PP) e do senador Paulo Bauer (PSDB).
O coordenador do Fortur e presidente da Abrasel/SC, Fábio Queiroz, disse que o Fórum, que representa 19 entidades, foi criado para trabalhar em favor de quatro bandeiras específicas do Turismo para a Grande Florianópolis e Santa Catarina. São elas: a ampliação do aeroporto internacional Hercílio Luz (Florianópolis), a abertura e funcionamento do Centro de Eventos de Canasvieiras (localizado no norte da Ilha de Santa Catarina), o projeto Orla e o Observatório de Turismo (com apoio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e da Fiesc).
Na reunião, foi apresentado rapidamente o trabalho realizado na praia de Jurerê Internacional, com o programa Nova Onda, que buscou a certificação de qualidade internacional para o balneário. Manente teve uma rápida visão das dificuldades elencadas pelos empresários do Trade Turístico de Santa Catarina. O secretário estadual de Turismo, Filipe Mello, criticou o “excesso de cuidado” que, segundo ele, “acaba abafando o empreendedorismo responsável e que garantirá o desenvolvimento do Estado”. A deputada Carmen Zanotto também classificou como “um absurdo o discurso de preservação do meio ambiente como empecilho para o crescimento do turismo”. Para a deputada, o “empreendedor responsável sabe que cuidar do meio ambiente é o básico para se manter um turismo de qualidade”.
Nova visão
Alex Manente disse aos empresários que acredita que este momento atual de “crise institucional” pela qual o país está passando é o ideal para que o “debate” na Câmara dos Deputados possa ser mais “inovador”. “A crise permite que novas propostas possam ser apresentadas e que desta forma, podem avançar e serem aprovadas em favor de uma mudança. O Turismo deve ser deixado de ser visto e encarado no Brasil como uma atividade secundária”, completou.
O presidente da Embratur, o catarinense Vinícius Lummertz, ressaltou a importância da presença do deputado Manente em Santa Catarina, como presidente da Comissão de Turismo da Câmara. “Além disso, precisamos que os mais jovens sejam menos conservadores e acreditem nas mudanças”, falou Vinícius em relação a pouca idade do parlamentar. Segundo o presidente da Embratur, as mudanças nas legislações que tratam da prática e do investimento do Turismo no país devem ser colocadas como prioritárias. “O Turismo tem que ser visto como uma iniciativa boa de forma normal. Os investimentos nesse setor e no setor da Energia devem ser vistos e aceitos como moralmente bons. Temos que criar o balizamento do que é bom ou mal, para avançarmos”, acrescentou Vinícius.
Fortur
O Fortur – Fórum de Turismo da Grande Florianópolis foi criado em janeiro de 2014 com o objetivo de criar sinergia entre as entidades relacionadas com o turismo em Florianópolis, o poder público e a sociedade a fim de projetar ações de curto, médio e longo prazo para a construção de um novo cenário turístico bom para moradores, profissionais do setor e turistas. Atualmente é composto por 19 entidades: ABAV-SC; ABEOC Brasil SC; ABIH-SC; ABRACCEF/SC; ABRASEL-SC; ACATE; ACATMAR; ACIF; AETTUSC; AGTURB/SC; ATHISC; CDL Florianópolis; Entretenimento.SC; FHORESC; Florianópolis e Região CVB; FloripAmanhã; POUSAR; Resorts Brasil; Sindicato HRBS.
ForEventos
O ForEventos é um grupo de discussão e articulação estratégica, de caráter permanente e transversal, que tem por finalidade o reconhecimento e o fortalecimento econômico, social e político da cadeia de valor do Setor de Eventos junto aos mercados, à sociedade civil e às esferas governamentais. Foi criado em julho de 2011 para discutir assuntos de interesse comum do mercado de eventos e, com a integração das entidades da área, conseguir um desenvolvimento mais organizado do mercado.
Atualmente, é composto por 19 associações de representatividade nacional: ABEOC – Associação Brasileira de Empresas de Eventos, ABETA – Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura, ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Abrace – Associação Brasileira das Montadoras e Locadoras de Estande, Academia Brasileira de Eventos e Turismo, Abraccef – Associação Brasileira de Centros de Convenções e Feiras, Abracorp – Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas, Abrafec – Associação Brasileira dos Fornecedores de Eventos Corporativos, Alagev – Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas, Ampro – Associação de Marketing Promocional, BITO – Brazilian Incoming Travel Organization, CBC&VB – Confederação Brasileira de Conventions & Visitors Bureaux, Eventopool – Associação de Agências de Turismo e Operadoras de Eventos, FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, IFEA – International Festival & Events Association, MPI Brazil – Meeting Professionals International, Resorts Brasil, SKAL Internacional Brasil, SPC&VB – São Paulo Convention & Visitors Bureau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *