Ministro recebe representantes da Abitur

[Por Ministério do Turismo, 13/04/2014]
O ministro do Turismo, Vinicius Lages, recebeu nesta terça-feira (13) dirigentes da Associação Brasileira de Ilhas Turísticas (Abitur). Na reunião foram discutidas propostas para o desenvolvimento de políticas públicas que permitam a estruturação e o desenvolvimento sustentável das ilhas brasileiras como atrativos turísticos.
O ministro manifestou apoio à iniciativa da entidade e lembrou que o desafio da exploração das áreas litorâneas vai além da sua utilização para fins turísticos. Segundo ele, envolve também questões ambientais e outras relacionadas à ocupação urbana e ao patrimônio histórico-cultural, entre outros. Por isso, é necessário integrar as ações com outros entes federais, como a Secretaria do Patrimônio da União e do Ministério do Meio Ambiente.
“Podemos criar uma agenda especial para tratar deste tema, já que o litoral está entre os quatro eixos prioritários do Plano Nacional de Turismo”, disse o ministro neste primeiro encontro com os representantes da entidade. Segundo Lages, o desenvolvimento ordenado e sustentável é o caminho para manter o principal atrativo das ilhas turísticas, que é a natureza e suas peculiaridades culturais.
A reunião ficou definido que a Abitur apresentará ao ministério, em abril, documento que reúna suas principais demandas e propostas. Uma delas é o pedido para que o MTur auxilie na qualificação profissional da cadeia produtiva destes destinos. “Pessoas bem preparadas podem ajudar a enfrentar os gargalos que prejudicam a atividade turística”, disse o secretário Executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves, que também participou do encontro.
O presidente da Abitur, Rafael Guttierres Júnior, disse que o objetivo do encontro é buscar apoio do MTur para uma articulação com outros entes públicos em prol da implantação de um modelo de gestão específico para as ilhas turísticas. A ideia é ter planos que contemplem, por exemplo, estudos de capacidade de carga, projetos de saneamento básico, de destinação de lixo e de tratamento de esgoto.
A Abitur, criada em abril passado, tem como associadas a Ilha do Mel, em Paranaguá, no Paraná; a Ilha de Fernando de Noronha, em Pernambuco; Ilhabela, em São Paulo; Ilha Grande, no Rio de Janeiro e a Ilha de Marajó, no Pará.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *