Censo do Samba 2012

[Por São Paulo Turismo, 15/02/2012]
Censo realiza raio-X sociocultural do Carnaval
A São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos) dá continuidade ao trabalho de pesquisa do Carnaval da cidade e lança a segunda edição do Censo do Samba Paulistano. Desenvolvido pelo Observatório do Turismo da Cidade de São Paulo, núcleo de pesquisas da SPTuris, o estudo dimensiona e mapeia a cadeia produtiva que envolve o Carnaval na capital paulista. No total, foram quatro meses de coleta e análise de dados junto às agremiações e entidades.
“Com este lançamento, damos continuidade aos estudos sobre a amplitude e importância do Carnaval em nossa cidade, de modo a contribuir com o desenvolvimento da indústria do samba como espetáculo artístico, cultural e produto turístico de São Paulo”, afirma Marcelo Rehder, presidente da SPTuris.
Novidades
Entre as novidades da edição deste ano, estão um mapeamento mais detalhado das quadras das escolas dos grupos Especial e de Acesso e um levantamento sobre a utilização das áreas públicas e privadas para barracões ou quadras pelas escolas de samba. Hoje são 125 áreas ocupadas, sendo 49 por quadras (onde há atividade social, como os ensaios) e 76 barracões (onde é desenvolvida a parte fabril do carnaval, como os carros alegóricos). Das 49 quadras, 33 estão em áreas da Prefeitura; já entre os 76 barracões, 53 estão em áreas públicas.
Baixo o arquivo da íntegra do Censo do Samba – 2ª Edição no site do Observatório do Turismo. Clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *