Eventos na capital federal: 54 mil estrangeiros movimentaram US$ 41 milhões em 2012

[Por Em Tempo Real, 29/08/2013]
Ouvir outros idiomas pelas ruas da cidade deixou de ser espanto para o brasiliense. A cena tornou-se comum principalmente para quem está na área central da cidade, que inclui os setores hoteleiros, o Centro de Convenções, a Esplanada dos Ministérios e o Congresso Nacional. Em 2012, 54.511 turistas estrangeiros desembarcaram na capital para fazer negócios ou participar de eventos e convenções. Juntos, eles gastaram US$ 41 milhões (cerca de R$ 96 milhões ao câmbio de ontem). Os dados são da pesquisa divulgada ontem pelo Ministério do Turismo, que mostrou que 5,67 milhões de estrangeiros visitaram o Brasil no ano passado.
A participação da capital federal se destaca no turismo de negócios. De 2011 para 2012, a quantidade de turistas estrangeiros que chegaram à cidade para eventos e convenções aumentou 1,2 ponto percentual, passando de 2,6% para 3,8% do total de visitantes que vieram ao país a trabalho. Hoje, Brasília é o quinto destino mais visitado por esses turistas no Brasil e ultrapassou Belo Horizonte. Além de fechar negócios, muitos vêm a Brasília em busca de especialização e crescimento profissional, como o grupo de 30 arquitetos peruanos que estiveram na a semana passada conhecendo os monumentos projetados pelo arquiteto Oscar Niemeyer.
A pesquisa também mostrou que os três primeiros colocados da lista tiveram queda no número de visitantes. São Paulo recebeu 48,3% contra 51,6%, em 2011. O Rio Janeiro, que, em 2011, foi destino de 24,4%, atraiu 23,9% no ano passado. Em Curitiba, a visitação caiu de 4,9% para 4,4% no mesmo período. A cidade de Porto Alegre, é a quinta no ranking, teve um crescimento de 3,7% para 4,1%, resultado inferior ao de Brasília. “Acreditamos que o turismo de negócios é a vocação de Brasília e a cidade tem potencial para crescer ainda mais”, afirma o secretário de Turismo do DF, Luís Otávio Neves.