Conselho de Turismo da CNC avança no estudo sobre Turismo de Fronteira

[Por CNC, 11/06/2013]
O Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em parceria com o Instituto Polo Internacional Iguassu e a Organização Mundial do Turismo (OMT), promove, entre os dias 13 e 14 de junho, o I Seminário Latino-Americano de Turismo de Fronteira, cujo objetivo é o desenvolvimento das atividades turísticas na Faixa de Fronteira do Brasil. Nesta edição, que acontece em paralelo ao Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu, o foco incide sobre a instalação de freeshops no Brasil.
O presidente do Conselho de Turismo da CNC, Alexandre Sampaio, acredita que é possível desenvolver novos focos de consumo nessas regiões. “Nossa expectativa é que seja amplificado o movimento de turistas estrangeiros nas nossas fronteiras, potencializando ainda mais a integração latino-americana”, sinaliza Sampaio.
Reunindo as principais lideranças do setor no Brasil e em países que com ele fazem fronteira, o encontro faz parte de uma rodada de discussões que já passou pelos Municípios fronteiriços de Ponta Porã (MS), Chapecó (SC) e Santana do Livramento (RS). O objetivo principal do evento é debater de que forma a atividade turística pode promover a integração e o desenvolvimento das regiões fronteiriças no Brasil. “Problemas como a falta de infraestrutura e a de qualificação de mão de obra ajudam a formar uma imagem negativa do receptivo do comércio de fronteira. Temos como ajudar os empresários a melhorar esse aspecto e a fomentar o turismo da região”, afirmou Alexandre Sampaio.
O Seminário em Foz do Iguaçu oferece quatro eixos temáticos para discussão: Comércio e freeshops, que será coordenado pela Fecomércio-PR, por intermédio de seu presidente, Darci Piana, além dos temas: Faixa de fronteira e mobilidade urbana, Infraestrutura turística e Roteiros integrados. O evento já conta com mais de 300 inscritos e terá a participação de representantes dos Ministérios do Turismo de Brasil, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Argentina. O Diretor Executivo da Organização Mundial de Turismo (OMT), Márcio Favilla, fará a palestra de abertura do evento, além de representar o apoio e a participação da OMT relativos ao tema Turismo de Fronteira.
Estudo Estratégico
O estudo estratégico Turismo de Fronteira é uma das principais ações realizadas pelo Conselho de Turismo da CNC. Em 2013, foram realizados quatro eventos reunindo especialistas e entidades do turismo em regiões de fronteira no Brasil. As conclusões do estudo serão publicadas em documento oficial da CNC após o I Seminário Latino-Americano de Turismo de Fronteira, evento que encerra o ciclo.