Pesquisa revela principais mercados para Alagoas

[Brasilturis, 17/04/2013]
Segundo estatísticas divulgadas quarta-feira (17/04), pelo Departamento de Estudos e Pesquisas da Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas (Setur-AL), o primeiro trimestre do ano trouxe para os hotéis de Maceió turistas de diversos destinos nacionais e internacionais, mesmo que período que movimentou mais 500 mil passageiros no Aeroporto Zumbi dos Palmares.
A pesquisa ainda indicou as regiões que mais levaram turistas para os hotéis de Alagoas: Sudeste e Nordeste, com 48% e 22% respectivamente. Em terceiro lugar ficou a região a Sul, com 13,62%, e em quarto a Centro-Oeste com 13,21%. Entre os estados com maior emissão, estão São Paulo, com 29%, seguido por Minas Gerais (9,87%) e Rio de Janeiro (8,34%). Os estados nordestinos de Pernambuco, com 6,74%, Bahia, 6,66% e Sergipe, com 3,24%, também se destacam.
Os dados são repassados pelos boletins de hospedagem dos hotéis ao departamento de Estudos e Pesquisas da Setur e revelam a manutenção dos principais mercados, como São Paulo e o crescimento do turismo regional. Sobre o segmento internacional, o destaque continua para a América do Sul, com Argentina e Chile. Os argentinos representam 71% dos hóspedes estrangeiros, enquanto os chilenos são 8,85%. Entre os europeus há quase empate entre espanhóis, portugueses e italianos (giram em torno de 3% cada).
De acordo com a secretária de Estado do Turismo, Danielle Novis, a pesquisa é realizada com as informações existentes no Boletim de Ocupação Hoteleira (BOH). “Os hotéis enviam mensalmente o BOH para a Setur-AL, e o departamento de pesquisa detecta a origem/procedência desse turistas”, explica.
Para o presidente da ABIH-AL, Glênio Cedrim, a pesquisa serve como base para as ações de marketing da hotelaria e do destino. “Observamos quais os mercados prioritários para investir em divulgação com intenção de atender a demanda já existente e em potencial também”, afirma.