Brasil é o País com maior potencial para o desenvolvimento do turismo LGBT, diz estudo

[Por Hôtelier News, 27/06/2017]
Mostrando resultados mais significativos do que a média que a indústria alcança atualmente, o turismo LGBT no Brasil é hoje um dos setores com maior potencial de desenvolvimento.
Durante o Fórum de Turismo LGBT realizado pela Associação Brasileira de Turismo LGBT, juntamente com a revista ViaG, foi divulgado um estudo que atesta o crescimento do nicho em 11% ao ano para 3,5% da indústria convencional.
O estudo traçou ainda o perfil do turista LGBT, que parece ser mais exigente em relação à qualidade dos serviços adquiridos. Estes passageiros viajam no mínimo, quatro vezes por ano. Em média, 45% de homens e mulheres homossexuais visitam países do exterior a cada ano. A média nacional é de 9%.
A pesquisa também mostra que o público LGBT é hoje responsável por 10% do turismo mundial. Em relação ao tipo de viagem, 15% preferem cruzeiros, 87% dependem de agências de viagens para organização das férias e 89% possuem ensino superior.
O Brasil é destaque como o País da América Latina com maior potencial de desenvolvimento do turismo LGBT, com a realização de eventos como a Parada do Orgulho LGBT, que gera uma receita de R$ 190 milhões e é considerada a maior do mundo.
A última edição do evento, realizada na última semana, contou com três milhões de participantes. Durante o evento, a taxa de ocupação hoteleira atingiu 90% em hotéis de todas as regiões de São Paulo e também no centro da cidade, segundo dados apurados pela ABIH-SP – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo.