Mtur define 88 produtos para serem trabalhados durante a Copa do Mundo

[Por Mercado e Eventos, 05/01/2012]
O Ministério do Turismo concluiu a definição de produtos e destinos turísticos próximos às 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Serão 88 produtos e 184 destinos brasileiros em municípios distantes até três horas (via terrestre) ou até duas horas (via aérea) dos palcos do Mundial. A ideia é incentivar o visitante a conhecer os atrativos localizados no entorno das sedes.
Dos 88 produtos selecionados, 72 localizam-se num raio de 300 quilômetros das cidades-sede. Além do segmento sol e praia, a lista engloba: ecoturismo, aventura, esporte, cultura, negócios, eventos e gastronomia. O MTur trabalha, por meio do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamentos Turísticos, na definição de destinos prioritários e na segmentação do setor.
Os municípios selecionados terão preferência na destinação de recursos e no destaque da promoção oficial. Entre campanhas e convênios, o ministério investiu R$ 151 milhões em 2011. O número de 2012 deverá ser muito próximo deste. Para a promoção internacional do turismo brasileiro, a expectativa é a de que a Embratur tenha R$ 139 milhões, mesmo valor do ano passado.
“Nossos estudos indicam que cada estrangeiro realizará uma média de três viagens pelo Brasil durante o mês da Copa do Mundo. Traçamos uma estratégia para intensificar o fluxo de deslocamentos, beneficiando o maior número de municípios e distribuindo melhor a geração de emprego e renda”, disse o ministro do Turismo, Gastão Vieira.
O Mtur estima que um total de 600 mil estrangeiros e 3 milhões de brasileiros deverão circular pelo país no mês da Copa. Pela estimativa oficial, o País vai totalizar 7,8 milhões de viagens domésticas no período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *