Abav lança estudo sobre competitividade das agências de viagem

[Por Mercado e Eventos, 20/08/2011]
A Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) lança na próxima terça-feira (23/08) a Análise Geral da Competitividade do Setor de Agenciamento de Viagens Brasileiro. O estudo servirá como uma ferramenta para o desenvolvimento de ações para ampliação da competitividade do setor de agenciamento de viagens.
Fruto de uma parceria entre o Sebrae Nacional e a Abav o estudo tem como base dados da Matriz de Competitividade. Desenvolvida com apoio técnico da Fundação Getúlio Vargas, a matriz oferece aos empresários do agenciamento turístico, uma visão sobre sua posição no mercado, suas vantagens e desafios em relação aos concorrentes.
“A Matriz representa um termômetro global do mercado de agenciamento turístico brasileiro e também um diagnóstico individual da competitividade das empresas”, destaca presidente da Abav Nacional, Carlos Alberto Amorim Ferreira.
A partir dos dados levantados, as agências foram classificadas em quatro níveis (de 1 ao 4), de acordo com os indicadores de competitividade. Os resultados individuais serão conhecidos apenas pelas empresas participantes da pesquisa. Já os dados gerais, que serão divulgados na próxima terça-feira, dão uma amostra sobre a situação competitiva, por estado e região, além de considerar o perfil dos empreendimentos, tipo de empresa, tempo de operação e número de funcionários.
“É uma ação pioneira para o setor, que permitirá ao Sebrae e à Abav, um melhor direcionamento de suas ações de apoio às micro e pequenas agências do país, para o desenvolvimento do seu potencial competitivo”, ressalta a gestora nacional do programa pelo Sebrae, Valéria Barros.
Para auxiliar as empresas nesse processo de direcionamento estratégico e ganho de vantagem competitiva, o Sebrae e a Abav elaboraram um conjunto de ações e cursos que estão disponíveis nos portais das duas instituições: www.abav.com.br e www.sebrae.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *