Riocentro fecha contrato para sediar a OTC até 2015

[Por GL Events Brasil, 06/10/2011]

RiocentroA GL events Brasil, que administra o Riocentro, fechou contrato para receber a “Offshore TechnonolgyConference – Brasil” até 2015. Este ano, foi a primeira vez que a feira aconteceu fora dos Estados Unidos. No Rio de Janeiro, o evento será realizado a cada dois anos. Na edição 2011, mais de 400 empresas, de 23 países, ocupam uma área de 14.450m² no centro de convenções, na Barra da Tijuca, até esta quinta-feira (06/10).
“A OTC consolida o calendário dos grandes eventos de negócios que acontecem no Riocentro e já nesta edição – pela primeira vez no Brasil – está ocupando três pavilhões totalmente refrigerados e com estrutura para receber com conforto todos os equipamentos e produtos que estão sendo apresentados pelos expositores. Fechamos contrato para sediar as duas próximas edições da OTC e consideramos a conquista resultado dos investimentos (R$ 85 milhões) feitos pela GL events Brasil em infraestrutura, para captar grandes e novos eventos para o centro de convenções. “, comemora Milena Palumbo, Diretora Geral do Riocentro, administrado pela GL events Brasil, operação brasileira da segunda maior empresa do ramo eventos do mundo, a francesa GL events.
A OTC é um evento de desenvolvimento de recursos offshore nas áreas de perfuração, exploração, produção, e proteção ambiental. Além do programa técnico, este ano o congresso terá uma exposição com empresas do setor que vão apresentar novidades e os avanços técnicos, desafios e oportunidades para o mercado offshore em profundas e ultraprofundas no Brasil e em outras regiões internacionais. Para outras informações, visite o site www.otcbrasil.org.
Riocentro – Eleito nos últimos cinco anos o melhor centro de convenções da América do Sul pelo World TravelAwards, o Riocentro é o principal espaço para eventos administrado pela GL events Brasil. Tradicional palco de grandes e importantes eventos nacionais e internacionais, o Riocentro conta com infraestrutura e gestão com padrão internacional. Por conta disso, o número de eventos e de visitantes aumenta a cada ano, e o centro de convenções foi escolhido pela FIFA para sediar o Centro Internacional de Transmissão (IBC) da Copa do Mundo da FIFA™ 2014 e o Comitê Organizador Local (COL). Além disso, o Riocentro vai receber ainda a Rio+20, conferência da ONU sobre Meio Ambiente, em 2012, e competições durante as Olimpíadas de 2016.
Desde 2006, quando a GL events Brasil assumiu a gestão do centro de convenções, foram investidos R$ 85 milhões no espaço, que hoje conta com sistema de refrigeração nos cinco pavilhões e está totalmente revitalizado.
Em 2008, o Riocentro aumentou em quase 50% o público total e ultrapassou a barreira de um milhão de visitantes por ano. O gasto médio por evento acompanhou este crescimento e variou em 43% de 2007 para 2008. No total, os eventos realizados em 2008 geraram investimentos superiores a US$ 120 milhões. Em 2009, o público aumentou em mais 14%, fechando o ano com 1,16 milhão visitantes. Já os investimentos gerados nos eventos bateram a marca de US$ 138,952 milhões. Em 2010, o crescimento foi ainda mais significativo e o Riocentro bateu o recorde histórico de 63 eventos em um ano. Feiras e congressos foram os principais responsáveis por elevar o número de visitantes para 1,38 milhão, o que representou um aumento de 20%, em relação a 2009. Já os investimentos gerados alcançaram o patamar de US$ 165 milhões.
O Riocentro tem um total de 571 mil m², dos quais 100 mil são de área construída. O estacionamento possui 7 mil vagas que servem a cinco pavilhões para feiras, exposições, congressos, treinamentos, convenções, premiações, lançamentos de produtos e os mais diferentes tipos de eventos. Juntos, eles oferecem estrutura de refrigeração, auditório multifuncional com capacidade para até 4.500 pessoas, divisórias acústicas removíveis, mezaninos climatizados, auditórios para até 400 pessoas, 16 salas modulares com capacidade para 270 pessoas, salão VIP, cozinha industrial, postos de atendimento médico, bureau de segurança estratégica, rede Wi-Fi, estação de telecomunicações, heliponto e um imenso jardim tropical com lago.
[Publicado também por Panrotas, 06/10/2011]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *