AgriFutura será palco para soluções tecnológicas e inovadoras desenvolvidas por startups do agronegócio

Agtechs apresentam suas novidades em tecnologia para o setor, nos dias 12 e 13 de março de 2022, no Instituto Biológico, em São Paulo (SP)

A cidade de São Paulo se tornará a capital das soluções tecnológicas voltadas ao agronegócio, nos dias 12 e 13 de março, com o AgriFutura, evento que será realizado e organizado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), no Instituto Biológico (IB), na capital paulista. O evento terá a participação dos seis Institutos e APTA Regional e contará com o apoio da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (FUNDEPAG).

Durante os dois dias serão apresentadas as mais recentes e eficientes soluções sustentáveis para o agronegócio do futuro, onde o público poderá conferir de perto as mais modernas soluções desenvolvidas para o fortalecimento e crescimento do setor, por meio da exposição, competição e demonstração de produtos desenvolvidos por startups, além de outras iniciativas.

 

Fórum AgriFutura

Dentre as atrações do evento está o Fórum AgriFutura, uma conferência que apresentará as soluções e ações sustentáveis já existentes e as novas oportunidades, identificadas pelos Núcleo de Inovação Tecnológica (NITs) da APTA e trabalhadas pelos Institutos de Pesquisa, posicionando o Agro Brasileiro nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da agenda 2030 da ONU.

“Os ODS são instrumentos promovidos pela ONU para acabar com a pobreza, proteger o planeta e assegurar que todas as pessoas tenham paz e prosperidade. São 17 objetivos que produzem um conjunto de metas e desafios ambientais, políticos e econômicos. Nesse cenário, a APTA organiza, fomenta e executa seus projetos imersos na atenção aos ODS e na contribuição da pesquisa agropecuária paulista e brasileira nos desafios mundiais da sustentabilidade”, explica a diretora do IB e gestora do Laboratório de Inovação no Agronegócio da APTA, Ana Eugênia de Carvalho Campos.

Nesse contexto, o Fórum apresentará, na manhã do primeiro dia, projetos e atividades desenvolvidos pelos Núcleos da Agência em sinergia com alguns dos Objetivos da ONU, como o ODS 02 – Fome Zero e Agricultura Sustentável, por exemplo.

 

Arena especial para agtechs

O evento terá um foco especial nas soluções desenvolvidas pelas startups do agro, as chamadas agtechs, que movimentam o setor e ditam novas tendências tecnológicas. Com o intuito de dar visibilidade às suas propostas, o festival contará com um espaço destinado à apresentação e exposição dessas inovações, com estandes durante os dois dias.

O AgriFutura promove também uma competição em que as agtechs terão um espaço na programação para apresentar seus projetos, ideias e produtos, em formato de pitchs, para uma banca julgadora, que contará com a participação de diferentes representantes do agro, além de um investidor.

As startups interessadas podem inscrever suas soluções no site do evento. Um grupo de representantes dos NITs fará a seleção e convidará os representantes da empresa a apresentar seu projeto nos dias do evento.

Além disso, o AgriFutura ainda promove ações de degustação de produtos do Agro Paulista e atrações musicais.

A primeira edição do evento, realizada em 2018, reuniu cerca de 2,5 mil pessoas, entre estudantes, produtores rurais, empreendedores e profissionais da área. “Nessa segunda edição teremos um festival de novidades e tecnologias com o objetivo de trazer soluções sustentáveis para o agronegócio do futuro, ampliando a visibilidade do ecossistema de inovação que o estado de São Paulo tem proporcionado ao agro como um todo”, finaliza Ana Eugênia.

 

 

 

SERVIÇO

AgriFutura 2022

Data: 12 e 13 de março

Local: Instituto Biológico – IB

 

 

Fonte: SP Gov