Maioria dos estrangeiros que vem a Fortaleza procura lazer

[Por Diário do Nordeste, 02/09/2013]
A busca pelo lazer atraiu 41,1% dos estrangeiros que vieram para Fortaleza em 2012, segundo pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em parceria com o Ministério do Turismo. O número apresentou uma queda no último ano, comparado a 2011, quando 48,7% dos turistas estavam à procura de entretenimento na capital cearense. Em contrapartida, o turismo de negócios teve um aumento de 7,1 pontos percentuais, subindo de 16,5% para 23,6%.
Entre as diversões mais citadas, em 2012, estão a procura por sol e praia (68,6%), natureza, ecoturismo ou aventura (11%), cultura (8,3%), esportes (6,9%), diversão noturna (4,7%) e outros (0,5%).

Arte: Felipe Belarmino

47,1% do turistas ficaram hospedados em alojamento do tipo hotel, flat ou pousada, e 34,1% em casa de amigos e parentes. Atrás do turismo de lazer está o turismo de negócios, eventos e convenções, que representa 23,6%. 35,3% vieram à capital cearense por outros motivos.
Perfil do turista estrangeiro
O perfil socioeconômico do turista atraído para Fortaleza é composto, na maior parte, por homens (67,2%). 32,8% dos estrangeiros que vêm a Fortaleza são mulheres. Mais da metade das pessoas (51,6%) vêm sozinhas. 16,1% dos turistas são compostos de casal sem filhos e 15,1% vêm com amigos.
A maior parte dos estrangeiros que vem a Fortaleza está na faixa etária compreendida entre 32 e 40 anos (25%) e 41 e 50 anos (23,3%). 40% dos visitantes estrangeiros têm ensino superior completo.
O gasto médio por dia dos turistas estrangeiros no Brasil foi de R$ 214 (cotação atual do dólar), que permanecem em média 22 dias no País e 11 dias na Capital cearense.
Os dados foram coletados em 15 aeroportos e 10 postos de fronteiras terrestres em entrevistas com 31 mil estrangeiros que visitaram o Brasil em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *