Ministério da Saúde recomenda adiar eventos com aglomeração de pessoas

O Ministério da Saúde divulga nesta sexta-feira recomendações para diminuir a velocidade da transmissão do novo coronavírus no país. Eventos com grande concentração de pessoas devem ser cancelados ou adiados, segundo a pasta. Caso não seja possível, que sejam feitos sem público.

Outra medida de precaução é que todo viajante internacional faça isolamento domiciliar por uma semana, a partir da data do desembarque. Eles só devem procurar unidade de saúde se apresentar febre e tosse ou falta de ar.

Cruzeiros também estão desaconselhados. Essas e outras orientações fazem parte de medidas “não farmacológicas” que o governo federal repassou a equipes locais de saúde, na tentativa de evitar uma explosão de casos de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, no país.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, afirmou que se as medidas não forem adotadas, os casos vão dobrar a cada três dias, segundo projeções feitas pela pasta.

– A cada três dias, podemos ter o dobro do número de casos se não adotarmos as medidas propostas que vamos apresentar a seguir – afirmou Oliveira.

Fonte: Yahoo Notícias/O Globo