Ministério do Turismo quer garantir acessibilidade em todo o país

[Por  Diário do Turismo, 06/12/2016]
O Ministério do Turismo vem trabalhando em ações que estimulem cada vez mais turistas com algum tipo de deficiência possam conhecer a diversidade dos destinos nacionais. Para alcançar esse objetivo, a Pasta vem desenvolvendo uma série de ações como o guia Dicas para Atender Bem os Turistas com Deficiência (acesse aqui).
A publicação, lançada em agosto, traz orientações para os prestadores de serviços melhorarem a qualidade da experiência turística das pessoas com deficiência. O material ressalta que a acessibilidade é um direito universal que garante a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Permitindo uma maior autonomia não apenas para pessoas com deficiência. Mas para pessoas com mobilidade reduzida, como grávidas e pessoas idosas.
“Precisamos estar preparados para atender com qualidade e eficiência as demandas desse perfil de viajante. Temos que criar condições para que o turista com deficiência conheça cada vez mais o Brasil”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.
O trabalho que vem sendo desenvolvido pelo MTur está alinhado à Organização Mundial do Turismo (OMT). Foi definiu como tema do Dia Mundial do Turismo, em 27 de setembro: Turismo para todos – promover a acessibilidade universal. Na ocasião, o Ministério do Turismo.
Guia Turismo Acessível
O Ministério do Turismo investiu nos últimos anos mais de R$ 75 milhões em obras de acessibilidade. Além de apoiar a qualificação e capacitação de profissionais para atender turistas com deficiência. Como parte do Programa Turismo Acessível, a Pasta disponibiliza o Guia Turismo Acessível, site colaborativo onde os internautas podem avaliar a acessibilidade de hotéis, restaurantes e atrações diversas, em português, espanhol e inglês.
Até o momento, o site obteve mais de 456 mil acessos. Por tratar-se de um guia colaborativo, quanto maior o número de avaliações, mais completo será. O Guia Turismo Acessível também está disponível por meio de aplicativo para dispositivos móveis, nos três idiomas. E pode ser baixado gratuitamente para as plataformas Android, iOS e Windows Phone.