Hotelaria do Rio terá 30% mais quartos, diz Fohb

[Por Panrotas, 17/01/2013]
De acordo com a 5ª edição do Placar da Hotelaria 2015, guia que monitora a evolução dos mercados hoteleiros nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (Fohb), o Rio de Janeiro deverá atender de forma satisfatória a demanda por hospedagem.
Até 2015, a cidade terá 24.643 unidades habitacionais, cerca de 30% a mais que o existente hoje (18.957). A maioria dos novos hotéis será construída na Barra da Tijuca.
“Nossa maior preocupação é evitar o crescimento excessivo da oferta hoteleira nas cidades em que não há grandes variações na taxa de ocupação, como é o caso Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Manaus, Porto Alegre, Recife e Salvador, que correm o risco de sofrer com a superoferta de leitos, após os jogos”, argumenta o vice-presidente de Relações Institucionais do Fohb, Júlio Serson.