Rio 2016: 11 mil profissionais em 10 aeroportos

[Por  Panrotas, 06/07/2016]
Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro que começam daqui a exatos 30 dias demandarão um efetivo de mais de 11 mil profissionais de dez aeroportos, segundo cálculos da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O objetivo do contingente é assegurar a segurança, o conforto e tranquilidade dos passageiros, além do funcionamento do transporte aéreo brasileiro. Os aeroportos em questão são: Galeão (RJ), Santos Dumont (RJ), Guarulhos (SP), Congonhas (SP), Viracopos (SP), Brasília (DF), Confins (MG), Pampulha (MG), Salvador (BA) e Manaus (AM), que funcionarão em regime especial para o evento.
Dos cerca de 11 mil profissionais que formarão equipes de receptivo, operações, manutenção, fiscalização e prestação de serviços aeroportuários, aproximadamente dois mil são servidores de órgãos públicos que atuam diretamente nas operações e serviços aeroportuários, como Anac, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), Polícia Federal e Receita Federal.
Por parte dos aeroportos concedidos e dos terminais administrados pela Infraero, o quadro de recursos humanos está estimado em nove mil funcionários.
Por parte da Anac, cerca de 500 funcionários ainda serão recrutados para reforçar a fiscalização nos terminais, uma vez que haverá uma intensificação dos serviços de companhias aéreas e concessionárias de aeroportos. A agência informa ainda que reforçará equipes dedicadas à orientação de turistas entre 19 de julho a 22 de setembro.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *