Centro de Convenções de Ferraz em SP continua abandonado

[Por G1 , 04/08/2015]
O Centro de Convenções de Ferraz de Vasconcelos, na região Metropolitana de São Paulo, inaugurado em 2012 está caindo aos pedaços. Foram investidos R$ 2,5 milhões em sua construção, mas até a atual administração não sabe o que fazer com essa estrutura.
As rachaduras estão por todos os lados. o revestimento das paredes solto. Várias partes permanecem semi-acabadas, com tijolos quebrados. Pelo planejamento no local iria funcionar um anfiteatro, salas para cursos e a sede da Secretaria Municipal de Cultura. Para piorar, meses depois da inauguração, em 2012, foi construída uma concha acústica anexa ao prédio, para shows, que também está sem uso.
A obra é da gestão anterior, e foi embargada pela atual administração em 2013. O prédio mal chegou a ser usado. O motivo é simples, segundo a Prefeitura corre o risco de cair. O local tem mais de 2 mil 200 metros quadrados. No ano passado, a administração municipal contratou o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) para analisar o loca. Segundo o secretário de Obras, José Carlos Dias Loureiro que também fez parte do governo anterior, a mão de obra contratada foi irresponsável.
“O IPT concluiu que a estrutura de concreto está fora de padrão, não tem condições de ficar do jeito que está. Prédio está comprometido”, disse. A obra fica no mesmo espaço de uma área de lazer onde adultos e crianças usam tranquilamente e nem imaginavam o perigo que corriam.
“Se tem o risco de desabar, já deveria ter interditado. Deveria ter deixado só o espaço para as crianças brincarem mais livremente”, disse Naelma da Conceição, operadora de caixa. Após a conclusão do IPT a prefeitura começou a isolar  o local. A obra custou mais de R$ 2,5 milhões com recursos do governo federal. Há menos de 1 ano e meio para terminar o mandato da atual administração, ainda não existe uma previsão para que tudo se resolva.
“A Prefeitura tem feito esse trabalho de forma bastante consistente. Vamos contratar uma empresa para fazer os estudos e projetos para a gente recuperar todas as estruturas do prédio. Isso demanda tempo e recurso”, disse o secretário.
O atual secretário de Obras também foi secretário de Planejamento da administração anterior, mas disse que na época, deixou o cargo antes do começo das obras do centro de convenções. O ex-prefeito Jorge Abissamra não foi localizado para comentar o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *