Estudo de dimensionamento econômico do setor de eventos será lançado em outubro

A mais completa pesquisa realizada nos últimos 10 anos sobre o setor de eventos no Brasil será apresentada no dia 14 de outubro, em entrevista coletiva na cidade de São Paulo. A pesquisa que visa traçar um panorama quantitativo e qualitativo do turismo de negócios no país é parte do Programa de Qualidade ABEOC Brasil, em parceria com o Sebrae nacional e apoio da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA). A coleta e o processamento dos dados é realizada pela Universidade Federal Fluminense com apoio do ForEventos (Fórum do Setor de Eventos).

Esta 2ª Pesquisa de Dimensionamento Econômico do Setor de Eventos no Brasil é uma atualização e reformulação do estudo realizado em 2001/2002 com apoio do Sebrae. Representantes de espaços para eventos de 350 municípios brasileiros estão sendo ouvidos para a pesquisa quantitativa. Em paralelo, organizadores de eventos de todo o país foram convidados para participar de um estudo qualitativo, com painéis de opiniões relevantes, com titulo “O Mercado de Eventos no Brasil e o Perfil dos seus Clientes – Desafios e Perspectivas para 2020”.
Para a presidente da ABEOC Brasil, Anita Pires, os estudos viabilizados por meio do Programa de Qualidade ABEOC Brasil em parceria com o Sebrae são uma reivindicação de mais de uma década do setor de eventos. “O resultado será uma ferramenta essencial para o nosso setor fundamentar decisões, fazer negócios, políticas e planejamentos, além de evidenciar o impacto de nossa atividade na economia e a importância dos eventos para o país”, resume Anita.
(Atualizada em 18/08/2014)