Itajaí (SC) vai sediar evento náutico internacional

[Por MTur, 27/09/2013]
O Brasil vai entrar no calendário de eventos náuticos internacionais. A cidade de Itajaí, em Santa Catarina, vai receber de 11 a 16 fevereiro de 2014 um salão náutico internacional, organizado pela Associação Grand Pavois, com apoio do Ministério do Turismo.
A entidade é responsável pelo maior evento do setor, em La Rochelle, na França. O anúncio do município catarinense foi nesta quinta-feira (27), na abertura do evento na cidade francesa.
No Brasil, os cruzeiros marítimos, que transportavam 139 mil passageiros em 2005, passaram a transportar 793 mil em 2011. O mercado de venda de barcos movimentou US$ 800 milhões no ano passado e cerca de oito mil jet skis são vendidos por ano no país.
Para o secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota, que está em Paris acompanhando o evento, a exposição será uma oportunidade das indústrias brasileiras e estrangeiras trocarem experiências. “Vamos mostrar que o Brasil tem potencial industrial e natural”, disse Mota.
Segundo ele, o que ainda prejudica o setor é a falta de incentivos ao mercado de barcos charters (fretados), ao aluguel de embarcações para passeio pelo litoral (aqui eu quis explicar) e a regulação de píeres e marinas. “Além disso, são altas as taxas de importação de barcos e equipamentos náuticos”, disse o secretário.
Admirado com o potencial de rios e mares brasileiros para o setor, o diretor Geral do Grand Pavois, Chistophe Vieux, disse que há muito tempo tem o desejo de realizar o evento no Brasil. De acordo com ele, a indústria brasileira tem capacidade de produzir boas embarcações. Ele espera que a exposição em Itajaí atraia não apenas representantes comerciais e usuários de barcos, mas também do público. “Queremos nos aproximar do maior número de pessoas e apresentar o setor náutico a todas as classes sociais”, disse Vieux.