Festival de Turismo das Cataratas movimenta fronteira

[Por H2Foz, 13/06/2013]
O secretário nacional de Políticas do Turismo do Ministério do Turismo, Vinicius Lummertz, abre, nesta quarta-feira (12), às 20h, no Recanto Park Hotel, em Foz do Iguaçu, o 8° Festival de Turismo das Cataratas. O encontro prossegue até sexta-feira (14), no Hotel Rafain Palace & Convention Center. Lummertz representará o ministro Gastão Vieira, que está em viagem à Europa. O evento tem o apoio da Itaipu Binacional.
Com foco na geração de negócios para o setor, o Festival de Turismo das Cataratas é destinado para empresários do setor, como agentes de viagem, guias de turismo, bares, restaurantes e similares, operadores de turismo, hoteleiros, estudantes, pesquisadores e representantes governamentais. É também aberto à comunidade local.
O festival é aguardado com bastante expectativa. Segundo destino turístico mais visitado por estrangeiros (só perde para o Rio de Janeiro) e o quarto em eventos internacionais (atrás de São Paulo, Rio e Brasília), Foz do Iguaçu recebeu em 2012 mais de 1,5 milhão de visitantes no Parque Nacional do Iguaçu. O evento é, também, uma grande vitrine para o setor.
O evento inclui a Feira de Turismo e Negócios, estimada para aproximadamente 600 expositores; a Feira de Turismo de Compras, com cerca de 400m²; e, ainda, 400m² para expositores de Turismo e Viagens.
Para o superintendente de Comunicação Social da Itaipu, Gilmar Piolla, que também presidente o Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu (Fundo Iguaçu), “o festival é uma oportunidade estratégica de relacionamento do Destino Iguaçu com os canais de distribuição e os profissionais que movimentam a indústria do turismo. Nosso evento é um dos que mais atraem agentes de viagens e a rodada de negócios é uma das mais produtivas do setor”.
Plano Nacional
Na quinta-feira (13), Vinicius Lummertz vai apresentar no festival o Plano Nacional de Turismo, publicado em 26 de abril deste ano, pelo Ministério do Turismo.
O Plano Nacional Global, que compreende o período entre 2013 a 2022, apresenta metas ousadas, mas reais, tendo por base o incremento na entrada de turistas estrangeiros no Brasil nos últimos anos.
Sebrae
Um dos eventos mais importantes do festival é o Encontro de Negócios Sebrae-PR. Além do Encontro de Negócios, que reunirá destinos turísticos e operadores, o Sebrae fará um seminário sobre eventos. Terá ainda estande para atender micro e pequenos empresários.
Este ano, o encontro permitirá que representantes de 11 destinos turísticos do Paraná mostrem seus atrativos a operadores de turismo.
Serão 20 minutos de exposição para cada destino turístico: Litoral do Paraná, Região Metropolitana de Curitiba, Curitiba, Campos Gerais, Terra dos Pinheirais (região de União da Vitória), Norte do Paraná, Noroeste do Paraná, Sudoeste do Paraná, Foz do Iguaçu e tríplice fronteira, Cascavel e Região Lindeira ao Lago de Itaipu.
As mesas do encontro serão formadas por operadores de turismo e representantes setoriais, além de um moderador do Sebrae/PR e de um representante da governança de turismo da região.
Micro e pequenas
O Sebrae-PR apoia o Festival de Turismo das Cataratas desde sua primeira edição. Segundo o coordenador estadual de Turismo do Sebrae/PR, Aldo Cesar Carvalho, a entidade “aposta muito no festival, que tem a geração de negócios como pano de fundo, além do desenvolvimento do turismo”.
Empresários de micro e pequenas empresas terão programação especial na 8ª edição do evento. Durante todos os dias, o Sebrae-PR terá um estande para atender as demandas dos empresários e parceiros.
Palestra e encontro
Também na quinta-feira o Sebrae/PR vai oferecer duas programações para públicos distintos: uma palestra, às 15h, com o maratonista Marcelo Alves, aberta a todos os inscritos do Festival; e o encontro de negócios, das 15h às 18h30, entre representantes de destinos turísticos pré-selecionados de todas as regiões do Estado e operadores de turismo.
O maratonista falará sobre a importância do planejamento para chegar à realização dos objetivos. “Marcelo Alves resolveu que queria ser maratonista. Para chegar lá – hoje ele é o único brasileiro a correr nos dois polos (sul e norte) – deixou o sedentarismo e precisou de muito planejamento e persistência. Ele é nosso convidado por conta do exemplo de mudar de vida atingindo resultados por meio de um plano estratégico”, explica Aldo César Carvalho.
Eventos
Outra importante programação dentro do Festival é o Seminário Paraná MICE – Turismo de Negócios e Eventos, marcado para sexta-feira, dia 14, às 16h.
Em pauta, o Projeto Paraná MICE, uma realização do Sebrae/PR em parceria com a Federação de Convention & Visitors Bureau do Estado do Paraná (FCVB-PR), Sistema Fecomércioe Secretaria de Estado de Turismo.
O objetivo é estimular o turismo de eventos e negócios. O seminário, que acontece também em outras regiões do Paraná, tem o apoio do Institut Cerdà, de Barcelona, na Espanha.
O consultor do Sebrae/PR Augusto Cesar Stein diz que “o turismo de negócios e eventos é muito forte em todo o Paraná. Em Foz do Iguaçu, apesar de termos uma grande demanda do turismo de lazer, o turismo de negócios e eventos também é crescente”.
Augusto Cesar Stein conta que representantes do Institut Cerdà vão contar o caso de sucesso que fez com que a cidade catalã se consolidasse com um dos três principais destinos do mundo no segmento. Intitulada “Barcelona – Caso de Sucesso em Turismo MICE”, a palestra vai mostrar como a cidade se estruturou para fazer isso acontecer em 20 anos.
Depois da palestra, será apresentado o Projeto Paraná MICE – Turismo de Negócios e Eventos, do Sebrae/PR, que já envolve 200 empresas do segmento em todo Estado e será realizado até 2016.
O setor de negócios e eventos é responsável pela atração de 43% dos 13,2 milhões de visitantes que o Paraná recebe por ano. O turista de negócios e eventos é o que mais gasta no destino com hospedagens e com alta gastronomia – chega a ser até três vezes mais do que um turista tradicional.