Governador quer aproveitar eventos internacionais para promover MG

[Por Portal Eventos, 04/01/2013]
Governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia reconheceu nesta sexta-feira que sediar a Copa das Confederações do ano que vem a e o Mundial de 2014 alavancará o “pouco conhecido” Estado no âmbito internacional. Durante a reinauguração para do Mineirão, o político exaltou o fato de o estádio ter sido concluído antes do prazo inicialmente estipulado: 31 de dezembro.
“O Estado de Minas Gerais tem características interessantes, mas ainda é pouco conhecido internacionalmente”, declarou Anastasia, que discursou em palanque montado no meio de campo do estádio. “O nosso esforço é colocar Minas fora do Brasil, eventos internacionais vão permitir isso. Precisamos dessa dimensão internacional”, acrescentou.
Após quase três anos fechado para reformas, o Mineirão foi reinaugurado nesta sexta em evento que contou com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, além de outros políticos locais. Anastasia aproveitou para destacar a pontualidade do Estado para entregar a obra.
“A Copa é positiva para o Brasil como um todo, estamos demostrando que o País tem condições de fazer um evento internacional, o pais é a terra do futebol. Hoje é um dia festivo, temos que exaltar a inauguração no tempo e no prazo”, destacou.
Apesar da reinauguração nesta sexta-feira, o Mineirão só receberá sua primeira partida oficial no segundo mês de 2013. O jogo que marcará a “estreia” do novo estádio será o clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, em 3 de fevereiro, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro.