Eventos devem atrair mais de 3,6 milhões de turistas a Minas

[Por Sebrae, 21/11/2012]
Investimentos da União superiores a R$ 2,5 bilhões em 12 obras de infraestrutura voltadas para a Copa do Mundo de Futebol FIFA Brasil 2014 devem atrair cerca de 3,6 milhões de turistas a Minas Gerais. As oportunidades de negócios geradas pelos eventos esportivos no estado foram discutidas em um seminário nesta quarta-feira (21) durante o 5º Fomenta Nacional, realizado no Minascentro.
No evento, promovido pelo Sebrae, representantes da Secretaria Extraordinária da Copa de Minas Gerias (Secopa/MG) e do Comitê Executivo Municipal falaram sobre o andamento das obras em Belo Horizonte e as expectativas em número de turistas, movimentação financeira e setores impactados diretamente ligados aos eventos esportivos dos próximos anos.
De acordo com a assessora da Secopa, Mariana Bahia, 12 obras estão sendo realizadas em BH, sendo oito projetos de mobilidade urbana, três em melhorias do Aeroporto Internacional Tancredo Neves e a reforma do Mineirão, que tem inauguração prevista para 21 de dezembro deste ano. “O investimento será de R$ 2,59 bilhões em recursos federais”, informou.
A expectativa é que mais de 600 mil estrangeiros e 3 milhões de brasileiros passem por Minas Gerais antes e durante os jogos. Ainda segundo Mariana, as micro e pequenas empresas (MPE) poderão aproveitar as oportunidades de negócios em 11 setores que serão diretamente impactados, entre eles o de turismo e hotelaria. O gasto será de R$ 1 bilhão em investimentos no setor hoteleiro da capital e na construção de 53 novos hotéis.
Outro segmento que será beneficiado é o de serviços. A previsão é de que o setor gere 14,3 mil empregos diretos, apesar da preocupação dos empresários com a proximidade dos eventos esportivos. “Apenas um em cada quatro comerciantes está se preparando para a Copa”, afirmou Mariana.
Já a coordenadora do Comitê Executivo Municipal, Flávia Rohlfs, tratou da interiorização dos eventos com a promoção de destinos turísticos próximos a capital, além da movimentação do público para os Centros de Treinamento de Seleção (CTS).
Lista da FIFA
Até o momento as cidades de Ipatinga, Uberlândia, Juiz de Fora e o Centro de Treinamento do Cruzeiro (em Belo Horizonte) foram selecionados para integrar a lista de recomendações da FIFA preparada para ser apresentada a todas as seleções como opção de treinamento antes dos jogos.
Para o diretor Superintendente do Sebrae em Minas Gerais, Afonso Maria Rocha, as compras governamentais para as obras dos eventos esportivos realizados no estado poderão ser uma grande oportunidade para as micro e pequenas empresas fazerem negócios. “Os governos são grandes patrocinadores deste processo que trás desenvolvimento e um grande volume de negócios em função das obras e de investimentos”, explica Afonso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *