Participação do turismo no PIB da Região Sul é a 2ª maior do país

[Por MTur, 29/10/2012]
Turismo é responsável por 4,9% do PIB da região Sul, atrás do Nordeste (9,8%) e à frente do Sudeste (2,7%)
A receita do turismo doméstico nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná injetou R$ 26,24 milhões no Produto Interno Bruto (PIB) da Região Sul em 2009. A relação consumo turístico/PIB, na região, é a segunda mais alta do país: 4,9%. O líder é o Nordeste, com 9,8%, e a terceira maior fatia é do Sudeste (2,7%).
Os dados estão no Estudo da Demanda Turística Doméstica no Brasil 2012, encomendado pelo Ministério do Turismo à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). A região Sul também tem dois dos dez destinos mais procurados em viagens internas: Curitiba (PR), em 8º lugar, e Florianópolis (SC), que ocupa a 9ª posição.
DESTAQUES
O Rio Grande do Sul está entre os cinco principais estados emissores de turistas para o país. Junto com São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia, o grupo representa mais de 50% do emissivo turístico doméstico e quase 50% do receptivo. Acrescentando-se Paraná, Santa Catarina, Pernambuco e Goiás, chega-se à marca de 70% do emissivo e do receptivo nacionais.
Em matéria de número de visitantes, o Sul é a terceira mais importante região receptora de turistas do Brasil, recebendo 18,5% dos viajantes brasileiros. A região também responde por 17,4% do fluxo de gastos e receitas turísticas.
Os itens mais bem avaliados por turistas nacionais que visitaram os estados sulistas foram agências de viagens (98% de aprovação), serviços de hospedagem (94,6%) e restaurantes/gastronomia (90,9%).