GL events investe R$ 100 milhões em hotel no Riocentro

[Por Brasilturis, 18/10/2012]
A GL events, responsável pela gestão do Riocentro (RJ), lançou a pedra fundamental do Hotel Grand Mercure Riocentro, na Barra da Tijuca, hoje, dia 18. O hotel, com previsão de inauguração para o início de 2014, é um investimento da ordem de R$ 100 milhões da GL events, um dos maiores grupos do setor de eventos do mundo.
O hotel 4 estrelas tem como demanda inicial atender profissionais do Centro Internacional de Transmissão (IBC) da Copa do Mundo da Fifa 2014, que ficará no centro de convenções. Com 306 apartamentos, 600 m² de salas de reuniões, dois restaurantes – sendo um panorâmico na cobertura –, piscina e espaço Fitness & Spa, o hotel começa a ser construído em outubro de 2012. O projeto é assinado pelo arquiteto francês Jean Michel Wilmotte. A unidade será administrada pela Accor e irá gerar 200 empregos diretos após a inauguração.
A cerimônia de lançamento do hotel contou com a presença dos presidentes mundial e nacional da GL events, Olivier Ginon e Arthur Repsold, do governador Sérgio Cabral, do vice-governador Luiz Fernando de Souza Pezão, do prefeito Eduardo Paes, do presidente do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo, José Maria Marin, do diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil, e do presidente da Accor América Latina, Roland Bonadona. Também estiveram presentes o arquiteto Jean Michel Wilmotte e os ex-jogadores Raí e Bebeto.
“A GL events vai investir cerca de R$ 200 milhões no Rio de Janeiro até 2014. Vamos construir o Hotel, reformar o Pavilhão 1 do Riocentro para receber o Comitê Organizador da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 e investir em infraestrutura para sediar o Centro de Transmissão (IBC) da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. Com tudo isso, a expectativa é aumentar a taxa de ocupação do centro de convenções em 15% ao ano até as Olimpíadas de 2016”, afirma Ginon.
Desde 2006, quando assumiu a gestão do Riocentro, a GL events já investiu R$ 92 milhões para modernizar o espaço e transformá-lo em um centro de convenções com infraestrutura e gestão de padrão internacional. “Agora, serão mais R$ 200 milhões que ficarão de legado para a cidade”, complementa ainda o presidente da GL events. A maior parte desse aporte vai para a construção do hotel (R$ 100 milhões), dos escritórios do Comitê Organizador da Copa de 2014 (R$ 42 milhões) e das instalações para receber o Centro de Transmissão (IBC) da Copa (R$ 8 milhões) no Riocentro.
Para receber o Comitê Organizador da Copa do Mundo, a GL events iniciou a reforma do Pavilhão 1 do centro de convenções, onde o Comitê será instalado, em uma área de 8,1 mil m². Já o Centro de Transmissão (IBC) da Copa do Mundo de 2014 ocupará 80 mil m², sendo 60 mil m² de espaço coberto, com isolamento acústico no telhado, e 20 mil m² de área descoberta, onde será construído o pátio das antenas de recepção e transmissão dos jogos para todo o mundo. Cerca de 100 TVs internacionais construirão seus estúdios no centro de convenções do Rio de Janeiro, o maior da América Latina.