Centro de convenções fomenta turismo de negócios em Florianópolis

[Por EconomiaSC, 25/06/2013]
O trade turístico de Florianópolis se reúne na manhã desta quarta-feira, dia 26, para celebrar os 15 anos do CentroSul (Centro de Convenções de Florianópolis), completados no último dia 10 de junho. A infraestrutura do local que recebe grandes convenções nacionais e internacionais contribui para que o mercado de negócios em Santa Catarina movimente R$ 20 bilhões por ano.
Entre 1998 e 2013, o CentroSul sediou cerca de 500 eventos, reunindo mais de 1 milhão e meio de pessoas. Inaugurado em 1998, o espaço foi projetado para oferecer qualidade e uma infraestrutura com 17 mil metros quadrados para realização dos mais diversos tipos de eventos, desde pequenas reuniões, feiras, shows a congressos até cinco mil pessoas.
De acordo com o ranking ICCA (International Congress and Convention Association), Florianópolis é a 6ª cidade do Brasil em maior número de convenções internacionais realizadas no ano passado. A conquista, chegando ao patamar de Porto Alegre, com 12 eventos de porte mundial sediados pela Capital, é resultado no alto investimento do município e dos empresários locais no crescimento do turismo de negócios.
As convenções são responsáveis pela movimentação desse setor com 68% das intenções de contratação de serviços, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Alatur e Meeting Professionals Internacional (MPI). “Entre 1998 e 2013, recebemos 1860 eventos, reunindo mais de seis milhões de pessoas, sendo a grande maioria convenções, sempre respaldados por um trade turístico completo”, enumera a gerente geral do CentroSul, Cristiane Martins.
Situado no centro da Capital de SC, próximo ao aeroporto Internacional Hercílio Luz e à grande rede hoteleira da região, o espaço é referência pela localização estratégica e pela estrutura, fomentando o turismo de negócios na região. “Os organizadores procuram praticidade e comodidade para o público do evento. Quando encontram isso em uma cidade como Florianópolis, encontram a chance de aliar o trabalho ao atrativo turístico local, fator que ajudou a firmar o município como referência no turismo de negócios”, afirma.