Fiptur discute promoção de Alagoas durante a Copa

[Por Panrotas, 30/08/2012]
Alagoas não tem nenhuma cidade-sede da Copa do Mundo 2014. Mas o Estado não quer ficar de fora do circuito dos turistas durante o período do Mundial. Para tanto, o Fiptur Maceió reúne, até amanhã (sexta-feira, dia 31), cerca de 300 pessoas do trade regional para discutir temas relacionados à promoção, capacitação, captação de eventos, entre outros assuntos.”Independente se Maceió é sede do evento, vamos nos beneficiar com ele”, acredita a superindente do Maceió Convention Bureau, Tariana Carvalho.
“Este é um momento ímpar para o turismo do Estado. Temos que nos preparar. É o nome do destino que está em jogo”, completa a diretora do Sebrae-AL, Renata Fonseca
Na mesa de solenidade de abertura, estavam a secretaria de Turismo de Alagoas, Danielle Novis, o representante da Fiptur, Gorgônio Loureiro, a diretora operacional da Secretaria de Turismo de Maceió, Bethânia Barros, e o presidente da FBHA, Alexandre Sampaio.
“A mão de obra é o nosso principal problema. Temos de ter taxista que consiga se comunicar em inglês, recepcionista de hotel bem treinado, e os restaurantes precisam ter cardápio em inglês e espanhol, no mínimo”, explica Loureiro.
Participou ainda do primeiro dia de evento, a assessoria especial da presidência da Embratur, Kátia Bitencourt, que falou para os participantes sobre a promoção do País no Exterior.