Comitê Olímpico apresenta projeções para 2016

[Por Mercado e Eventos, 19/10/2011]
O diretor de estratégia do Comitê Olímpico Rio 2016, Carlos Luiz Martins anunciou durante a Abav os objetivos dos jogos olímpicos e paraolímpicos de 2016 que será no Rio de Janeiro. “Nosso objetivo é focar nas oportunidades que os jogos darão aos brasileiros. Seremos assistidos por dois bilhões de pessoas no mundo”, afirma.
Aos últimos jogos olímpicos tiveram 41 campeonatos mundiais em 17 dias e 11 mil atletas de 205 países. Segundo Martins, em 2016, a primeira primeira olimpíada na América do Sul, terá 43 jogos. “Serão inclusos os esportes: Golf e Rugby. Acredito que o que determinou a vitória do Rio de Janeiro como sede, foi a possibilidade de transformação do qual a cidade será submetida”, ressalta.
Com a missão de mostrar ao mundo o potencial do Brasil quanto a econômia, o comitê olímpico visa criar jogos com celebrações memoráveis e contribuir para os movimentos olímpicos e paraolímpicos. “Temos a estratégia de apostar em excelência técnica, reposicionamento da imagem global do país e contribuir sempre para o constante crescimento no setor”, exemplifica.
Além de estratégias pontuais, o comitê busca recursos para reforma de salas e quadras de esporte e visa que todas as zonas do Rio de Janeiro tenha estrutura para sediar o evento. “Todas as zonas da cidade terá melhoria no transporte público. Hoje temos 20% da população utilizando transporte público e esperamos para 2016 que esse uso cresça para 50%”, conta.
No período dos jogos o comitê contará com quatro mil colaboradores diretos e indiretos, para todo o projeto olímpíco foram investidos US$14,4 bilhões e haverá 53,1% a mais de empregos no Rio de Janeiro e cidades próximas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *