América e Caribe terão em 2011 a maior participação na história da Abav

[Por Mercado e Eventos, 06/10/2011]
A América e o Caribe terão a maior participação já registrada na história da Abav 2011, que será realizada entre 19 e 21 de outubro, no Riocentro (RJ), ocupando um total de cinco mil metros quadrados. Somente da América do Sul, estarão representados oito países que, reunidos, ocuparão 1,5 mil metros quadrados do salão de exposição. Seguindo a tendência do mercado de investir em viagens de curta distância, órgãos oficiais internacionais e empresários uniram esforços para apresentar no Riocentro uma América do Sul mais forte economicamente e pronta para receber o turista brasileiro.
“O mercado hoje aponta para um novo turista, que prefere fracionar suas férias e com isso as viagens curtas são as mais realizadas no mundo, justamente pela facilidade e rapidez. A situação econômica brasileira também é um grande atrativo para que esses países invistam no aumento do fluxo turístico de brasileiro, que é reconhecidamente um dos que mais gastam em viagens internacionais”, disse o presidente da Abav Nacional, Carlos Alberto Amorim Ferreira.
A Argentina terá o maior estande entre todos os países americanos, com 395 metros quadrados, sob a organização do Inprotur. Os empresários também aproveitarão a oportunidade para estreitar o relacionamento com os agentes. A Caltour Receptive Service – tradicional operadora de turismo receptivo – lançará na Feira das Américas a nova versão do seu sistema de reservas 100% online, com conexão XML, para envio de dados.
Com a meta de crescer 6,5% este ano com a arrecadação advinda do turismo, o Paraguai investiu em um estande de 50 metros quadrados e reunirá 19 empresas, que apostarão na promoção de circuitos turísticos e serviços projetados para toda a América, em especial para o mercado brasileiro. Entre as novidades, o país está apostando no turismo para observação de pássaros (birdwatching) e na região do Alto Paraná. O turismo de eventos & congressos, que com o desenvolvimento econômico do continente cresceu 30%, também estará em evidência,. No ano passado, o Paraguai arrecadou 206 milhões de dólares com o turismo, registrando um crescimento acumulado médio de 5% nos últimos anos.
Equador, Chile, Venezuela e Peru, que terá o segundo maior estande entre os sul-americanos, também estarão representados e mostrarão seus potenciais turísticos com muita criatividade. Uma sala de cinema exibirá vídeos de promoção turística do Chile com tecnologia 3D. A gastronomia também será um ponto alto entre os países sul-americanos. Além de degustações de vinho, comidas típicas farão com que o visitante da feira faça uma viagem de sabores sem sair do Riocentro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *