Ceará inicia diminuição das medidas restritivas no Estado

Após determinação do governador Camilo Santana (PT), as cidades do Ceará puderam iniciar hoje (12) o processo de flexibilização nas medidas restritivas que vigoravam no Estado. O governo estadual determinou que a retomada das atividades econômicas aconteçam de forma gradual e atribuiu a nova postura à queda nos índices de contaminação e mortes geradas pela pandemia de covid-19. As cidades cearenses permanecem, porém, tendo que respeitar toque de recolher, que vai das 20h às 5h, e os serviços não essenciais precisam fechar as portas aos finais de semana.

 

As novas medidas foram anunciadas pelo governador em live realizada no sábado (10) ao lado do secretário da saúde estadual, Carlos Roberto Martins Sobrinho.

 

Na ocasião, Santana ressaltou que a situação ainda é preocupante e pediu para que a população continue respeitando as determinações de isolamento social.

 

Com o novo posicionamento do governo, os serviços não essenciais já podem retomar às atividades, mas ainda cumprindo protocolos. Os estabelecimentos comerciais poderão receber, no máximo, 25% de sua capacidade e as igrejas e templos religiosos apenas 10%.

 

Escolas da educação infantil poderão ampliar o funcionamento presencial para crianças de 4 e 5 anos e escolas que ofertem 1º e 2º do ensino fundamental, poderão reabrir as turmas, com limitação de 35% da sua capacidade. Espaços públicos e condomínios particulares seguirão restritos.

 

 

Fonte: Panrotas