ABEOC - RETOMADA SP

Turismo de São Paulo apresenta recomendações para o setor

Os protocolos com as recomendações a serem adotadas pelas atividades do setor de Turismo foram apresentados nesta quarta-feira (27) pelo Governo do Estado de São Paulo, dentro da fase denominada “Retomada Consciente” do Plano São Paulo. A Secretaria de Turismo tem atuado em três frentes para cobrir os segmentos do setor e construir propostas de protocolos que foram encaminhados para o Centro de Contingência do Coronavírus.

Os protocolos do Plano englobam o setor de hospedagem, restaurantes, parques temáticos, transportes e outros

Os protocolos do setor estão divididos em três grupos: 1) Meios de hospedagem, 2) Bares, Restaurantes e Similares e 3) Locadoras de veículos, operadoras, agências de viagens e de receptivo, parques temáticos, aquáticos, atrações turísticas, centros de entretenimento familiar e parques itinerantes, transportadoras turísticas, turismo náutico e locais organizadores de eventos e prestadores de serviços para eventos.

O plano de retomada está divido em cinco fases que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (vermelho) a etapas identificadas como controle (laranja), flexibilização (amarelo), abertura parcial (verde) e normal controlado (azul). O objetivo da classificação é assegurar atendimento de saúde à população e garantir que a disseminação do coronavírus em níveis seguros para modular as ações de isolamento.

Nesta quinta-feira (28), a Secretaria voltará a se reunir com as entidades representativas do setor privado para esclarecer possíveis dúvidas e os documentos disponibilizados pelo Estado deverão ser seguidos pelas Prefeituras para a formulação dos decretos municipais de flexibilização da quarentena, a partir do dia 1º de junho, de acordo com a classificação prevista no Plano São Paulo para cada uma das 17 regiões.

Mais informações: https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/planosp/#

 

Fonte: Panrotas