Conselho da CNC terá reunião com MTur sobre LGT

[Por Panrotas, 17/04/2017]
Antes que a Lei Geral do Turismo, em sua nova versão, encaminhada pelo Ministério do Turismo e a Casa Civil, passe pelo Congresso, o Turismo vai precisar de muito lobby para incluir no texto final itens que não foram acolhidos nessa etapa (e foram muitos, segundo apurou o Portal PANROTAS). O Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da CNC se reunirá dia 27 de maio com o ministro do Turismo, Marx Beltrão, em Brasília, para discutir a fundo os pedidos do setor que não foram acolhidos na LGT e o caminho para que eles tenham chance de passar.
Fazem parte do Cetur da CNC, presidido por Alexandre Sampaio, as entidades Abav e Abracorp (agenciamento de viagens), Alagev(viagens corporativas), Abrasel e ANR (alimentação), Abeoc, Abracef, CBCVB e Ubrafe (eventos), ABIH, ABR e Fohb (meios de hospedagem), Bito e Braztoa (operadoras de viagens), Sindepat (parques temáticos), Abear e Abetar (transporte aéreo), Clia Brasil (transportes marítimos), ABOTTC, Anttur e Abla (transportes terrestres), Abeta (turismo ecológico), Abrastur (turismo social), Abraturr (turismo rural), Sebrae Nacional e Unedestinos.
Além dessa reunião, o Cetur da CNC terá mais dois debates sobre economia compartilhada, enfocando setores como alimentação, transportes e o agenciamento de viagens, e sobre Esporte e Turismo. Todos dentro da sério Turismo Cenários em Debate. No final, o objetivo é amarrar todas as conclusões em um evento e em um documento único.