Número de turistas internacionais cresceu 3,9% em 2016

[Por  Panrotas, 18/01/2017]
Ainda que 2016 tenha sido complicado, o turismo internacional manteve-se fortalecido durante o ano todo, apresentando um crescimento de 3,9%, o que significa um total de 1.235 bilhão de turistas, 46 milhões a mais do que em 2015.
Os dados foram divulgados pela Organização Mundial do Turismo (OMT), e mostram que 2016 foi o sétimo ano consecutivo de crescimento sustentado após a crise econômica e financeira global de 2009. Uma sequência similar de crescimento contínuo ininterrupto não era registrada desde 1960. “O Turismo tem demonstrado extraordinária força e resiliência nos últimos anos, apesar de muitos desafios, particularmente relacionados à segurança. No entanto, as viagens internacionais continuam a crescer fortemente, contribuindo para a criação de emprego e o bem-estar das comunidades ao redor do mundo”, afirmou o secretário geral da OMT, Taleb Rifai.
Por região, a Ásia e o Pacífico (+ 8%) impulsionaram o crescimento das chegadas de turistas internacionais em 2016, enquanto a África (+ 8%) teve uma forte recuperação após dois anos fracos. Nas Américas (+ 4%), o impulso positivo continuou: as chegadas de turistas internacionais aumentaram em oito milhões no período em questão, chegando a 201 milhões de visitantes internacionais, o que consolida os resultados registrados nos últimos dois anos. O crescimento foi um pouco mais forte na América do Sul e na América Central (ambos com + 6%), enquanto o Caribe e América do Norte registraram 4% a mais de chegadas.
A Europa (+ 2%) apresentou resultados bastante heterogêneos, com crescimento de dois dígitos em alguns destinos, compensado por diminuições em outros. Enquanto isso, no Oriente Médio (-4%), a demanda também foi desigual, com resultados positivos em alguns destinos e baixa em outros.
OTIMISMO PARA ESSE ANO
A última pesquisa do painel de peritos da OMT mostra a continuidade da confiança em 2017, com a maioria (63%) dos cerca de 300 entrevistados esperando resultados “melhores” ou “muito melhores” do que em 2016. Sendo assim, a OMT projeta que as chegadas de turistas internacionais em nível mundial cresçam a uma taxa de 3% a 4% nesse ano. A Europa deverá crescer entre 2% e 3%, o Pacífico e a África de 5% a 6%, as Américas de 4% a 5% e o Oriente Médio de 2% a 5%.
Lembrando que 2017 foi designado pelas Nações Unidas como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, Rifai ressalta que “é preciso trabalharmos juntos e aproveitar a contribuição do Turismo para o crescimento econômico, a inclusão social, a preservação cultural e ambiental e a compreensão mútua, particularmente quando vivemos em tempos com tal déficit de respeito e tolerância”, concluiu o secretário geral da OMT.