Ministério do Turismo une esforços com universidades para fortalecer a qualificação no setor

[Por  Ministério do Turismo, 23/10/2015]
O Ministério do Turismo firmou uma parceria com a Universidade de Brasília (UnB) para elaborar uma política nacional de qualificação em turismo e tornar os destinos turísticos mais competitivos. A apresentação do projeto para a criação da política foi feita nesta sexta-feira (23) durante o Seminário Latino-Americano de Políticas Públicas e Turismo, no campus da universidade, em Brasília.
Para o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves, a qualificação é fundamental para elevar a qualidade do atendimento, o nível salarial dos profissionais e reduzir a alta rotatividade no setor. “A tarefa é tão importante no contexto do desenvolvimento do país que exige um esforço concentrado de toda a sociedade. Por isso, é fundamental a união do setor público com o privado, a academia, as entidades civis e todos que pensam em um futuro melhor para o país”, afirmou.
Os trabalhos serão coordenados pelo Centro de Excelência em Turismo na UnB e terão como parceiros as universidades federais do Rio Grande do Norte, do Paraná, do Rio Grande do Sul, do Pará, de São Paulo, de Ouro Preto, da Universidade Federal Fluminense e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia. A política terá como base a realização de uma pesquisa para identificar as necessidades, as lacunas e os desejos na formação dos empreendedores, gestores e trabalhadores da atividade turística.
De acordo com a coordenadora do programa de mestrado em Turismo da UnB, Marutschka Moesch, a política prevê ainda a criação de um banco de dados nacional sobre os profissionais e serviços qualificados. “A ideia é identificar os elementos que determinam o sucesso dos programas nacionais do setor nas cidades indutoras, como desenvolvimento territorial e inclusão social, e apontar as fraquezas dos mesmos programas em outras localidades”, disse.
 
Programa de Qualificação
No ano passado, o Ministério do Turismo, em parceria com a UnB, elaborou as Diretrizes Nacionais para Qualificação em Turismo, documento que irá subsidiar a construção da política nacional de qualificação. Em conjunto com o Ministério da Educação, o Ministério também criou o Pronatec Turismo, que já ultrapassou 100 mil qualificados. Além disso, o Ministério apoia ações de fomento e promoção de produtos associados ao turismo que visam identificar e melhorar a qualidade e a inserção de atividades e produtos desenvolvidos pelas comunidades locais.