Embratur lança o projeto Visit Brasil-Olympic Games na Expo Milão 2015

[Por Embratur, 08/09/2015]
O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinícius Lummertz, destacou a relevância  de atuar no mercado italiano ao realizar a primeira edição do Visit Brasil-Olympic Games, que aconteceu nesta terça-feira (08), na Expo Milão 2015. “Estamos dando início a mais um grande e importante projeto. Esse encontro demonstra nosso compromisso e esforço para estarmos entre os principais destinos escolhidos pelos italianos. Queremos aproveitar esse momento de visibilidade proporcionado pelos Jogos Olímpicos de 2016”, disse ele.
Um dos principais objetivos da realização do novo projeto da Embratur é mostrar a diversidade dos produtos e destinos turísticos brasileiros ao mundo. “Esta edição contribuirá para divulgação da imagem do destino Brasil na Itália, por meio da promoção da diversidade cultural, complementando com o turismo de lazer. “A iniciativa abre espaço para troca de experiências e contato com o trade turístico europeu. É uma oportunidade para o estreitarmos o relacionamento com mercado internacional”, destacou Lummertz. “Esperamos ampliar o número de turistas nos segmentos e destinos apresentados e realizar mais edições em outros países”.
O evento, que contou com a participação do diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto, reuniu cerca de 130 profissionais de turismo italianos, entre operadores e agentes de turismo, além da presença de representantes de cinco grandes companhias aéreas estrangeiras. Os estados da Bahia, Amazonas e Ceará fizeram apresentação de seus produtos e atrativos turísticos. Para encerrar, o público participou da “Vivência Brasileira”, momento em que os convidados assistiram a um show de Bossa Nova, apresentação de uma escola de samba e degustaram pratos típicos regionais brasileiros.
“Estamos trabalhando para que os turistas do mundo inteiro visitem também outras cidades brasileiras antes, durante e após o evento. A previsão é que o País receba de 300 mil a 500 mil estrangeiros nas Olimpíadas”, completou o presidente da Embratur.
Pela manhã, o presidente da Embratur havia aberto o Seminário Bolsa de Negócios de Investimentos em Turismo no Brasil, organizado pelo Ministério do Turismo. O encontro foi voltado à atração de investimentos na hotelaria e contou com cerca de 20 convidados, entre empresários brasileiros e investidores estrangeiros.
Segundo Lummertz, o Brasil tem no turismo um conjunto de vantagens competitivas que precisam ser exploradas e necessitam de um melhor ambiente de negócios para atrair investimentos. “Dados do Fórum Econômico Mundial apontam que o Brasil é o primeiro país do mundo no ranking de potencial turístico ambiental e paisagístico. Subimos mais de 20 posições no ranking de competitividade turística no ano passado e somos o oitavo em potencial cultural”.
O objetivo da ação é a captação de investimentos externos e modernização do produto turístico brasileiro.