Legado da Copa foi aprovado pelos associados do Recife Convention & Visitors Bureau

A pesquisa que foi realizada para o Recife Convention & Visitors Bureau pela Método avaliou que os resultados gerados pela Copa do Mundo em Pernambuco foram positivos para 71,2% dos associados. Em relação ao Brasil, 84,8% acreditam que o mundial foi positivo para o País.
A sondagem foi realizada entre os dias 24 e 31 de julho e seu objetivo foi conhecer as expectativas dos associados à entidade e os reflexos da Copa do Mundo em seus negócios. Foi avaliada, ainda, a opinião dos entrevistados quanto aos resultados gerados pelo evento para o estado de Pernambuco e para o Brasil. 59 associados responderam o questionário.
Em termos de visibilidade do destino, aprovaram o legado da Copa para Pernambuco 75,5% dos entrevistados. “Para o empresário pernambucano, o Mundial superou as expectativas”, afirma Bruno Herbert, presidente do RCVB. “Investimos nos equipamentos para receber os turistas, ampliamos a oferta de hospedagem, aumentamos a rede de locais para eventos e esperamos o retorno ao longo dos próximos anos”, destaca o presidente.
Considerando todos os aspectos sobre a realização da Copa do Mundo no Brasil, as opiniões se dividiram entre os que acham que “o futuro irá dizer” (49,2%) e os que afirmaram ter sido a “maior promoção já existente para o país” (45,8%).
A mobilidade urbana foi outro tema avaliado. 19,3% aprovaram para o estado e 17,5% para o Brasil. Em termos de novos equipamentos privados e públicos, consideraram o legado do mundial positivo para Pernambuco 26,4%. Para o Brasil esse percentual chegou a 31,6%.
No comparativo entre janeiro e junho de 2013 com o mesmo período deste ano, 48,3% afirmaram que a variação foi maior em razão da Copa do Mundo. Entre os associados que responderam à pesquisa, o maior percentual foi daqueles ligados aos Meios de Hospedagem (37,3%). Em seguida, se posicionaram os dos setores de Alimentos e Bebidas (15,3%), a Agência de Viagens/Receptivo (13,6%) e Organização de Eventos (11,9%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *