Reunião do Conselho do Turismo discute temas do setor

[Por Mercado & Eventos, 01/08/2013]
A reunião do Conselho Nacional de Turismo (CNT), nesta quarta-feira (31), abordou temas como: a repercussão da Jornada Mundial da Juventude, os investimentos do MTur, a capacitação profissional, a relação entre turismo e aviação e os entraves para o desenvolvimento do setor. Além do ministro do Turismo, Gastão Vieira, estiveram presentes representantes de 71 entidades que compõem o colegiado.
Foi anunciado a criação de um banco de projetos, pelo secretário de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota. A proposta oferece mecanismos para facilitar o acesso dos entes federativos aos recursos do MTur. “Hoje, o prazo de execução de uma obra, do planejamento até a conclusão, é de cerca de cinco anos. Com o banco, este prazo deve diminuir para três anos”, afirmou Mota.
Ao falar pelas agências e operadores de viagens, o empresário Guilherme Paulus, da CVC, indicado pela Presidência da República ao conselho, disse que o segmento prepara uma pauta de reivindicações a ser apresentada ao governo. O executivo adiantou que, nesta proposta, constam assuntos como a extensão da desoneração tributária para a cadeia produtiva do turismo e visto eletrônico.
A aviação esteve entre os temas de maior repercussão na reunião, com a leitura de carta aberta do Fórum Nacional de Dirigentes e Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur). O grupo manifesta apreensão com a redução da oferta de voos e aumento das tarifas aéreas.