AMPRO debate o Papel das Entidades na Indústria dos Eventos no Fórum Eventos 2013

[Portal Eventos, 04/04/2013]
A Associação de Marketing Promocional – AMPRO foi uma das entidades participantes do Painel 10 do Fórum Eventos 2013, que aconteceu no último dia 2, e promoveu um debate sobre o Papel das Entidades na Indústria dos Eventos. À frente das discussões estava o palestrante Steven Hacker, do Convention Industry Council (CIC), que levantou o ego como um dos principais problemas na relação entre entidades, e que somente a união entre as mesmas poderá fortalecer o setor.
Kito Mansano, presidente da AMPRO, representou o setor de Live Marketing, e confirmou a falta de união como um grande empecilho ao melhor desenvolvimento do setor. Em seu segundo ano à frente da Entidade, Kito inclusive tem trabalhado muito para unir as agências associadas no propósito de ganhar reconhecimento e força para um mercado que movimenta bilhões anualmente e só tem crescido, apesar de crises, concorrências predatórias e tributos inadequados.
Kito aproveitou o momento para convidar a todos para participarem do 1º Congresso de Live Marketing, que acontece nos dias 29 e 30 de julho, no WTC Business Club, e que também irá ressaltar a importância de se compartilhar informações e unir forças em benefício do setor. O convite também havia sido feito pelo Maurício Magalhães, da agência Tudo, no painel 5 sobre Marketing x Concorrências x Compras, outro debate bastante polêmico do Fórum Eventos 2013, e que será um dos temas de maior relevância no Congresso que a AMPRO está organizando.
AMPRO
A Associação de Marketing Promocional é a maior entidade que representa o segmento em todo o país. Possui 20 anos de mercado e é responsável por reunir, defender, divulgar e desenvolver todos os segmentos de marketing promocional brasileiros (agências, clientes, veículos, fornecedores, professores e profissionais liberais).
Presidida por Kito Mansano (gestão 2012/2013), com sede em São Paulo, a AMPRO possui mais de 350 empresas associadas, com representação em várias regiões por meio de seu Capítulo e Diretorias Regionais (Nordeste, Estado de São Paulo, Paraná/Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e Centro-Oeste). É a única que desenvolve nacionalmente a teoria e a prática do setor promocional de forma ampla. Assim, zela pelo cumprimento da legislação vigente, leva as reivindicações dos associados à esfera governamental e faz a mediação de questões polêmicas, além de manter alianças e parcerias com outras entidades que compartilham do mesmo compromisso.