Arena do Grêmio recebe a 10ª edição do Jogo Contra a Pobreza

[Por Portal Eventos, 20/12/2012]
A Arena do Grêmio foi palco da 10ª edição do Jogo Contra a Pobreza, uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) que colocou frente a frente os times de Ronaldo e Zidane, repleto de ídolos do passado e do presente. Na noite desta quarta-feira, mais de 50 mil torcedores acompanharam a vitória do time do Fenômeno pelo placar de 3 a 2 numa partida exibição onde o que menos importou foi o resultado. Os recursos arrecadados com a venda dos ingressos já foram investidos em 27 países em desenvolvimento na África, Ásia e América Latina.
Pela primeira vez no Brasil, a evento foi realizado no mais moderno estádio da América Latina. Numa noite repleta de estrelas, uma das atrações foi o próprio estádio. A grandiosidade do empreendimento chamou a atenção dos jogadores que, mesmo já tendo atuado em grandes palcos do futebol, mostraram-se maravilhados com a nova casa gremista. Após o jogo, o francês Zidane disse que a Arena pode ser comparada a qualquer grande estádio europeu e parabenizou Porto Alegre por contar com um estádio deste porte.
O atacante Jardel, goleador pelo Grêmio na Libertadores de 1995 e que jogou os últimos 15 minutos do encontro, se disse emocionado por ter atuado pela primeira vez na Arena: “Só faltou deixar um golzinho de cabeça. Ele quase saiu”, brincou o ex-atacante gremista, que voltou a reiterar o desejo de encerrar a carreira com uma grande festa na nova casa do Tricolor. Além de Jardel, a grande maioria de torcedores do Grêmio pode vibrar com a presença do goleiro Dida, recém contratado pelo Clube, e de ídolos que deixaram sua marca no Tricolor, como Danrlei e Émerson, sempre ovacionados quando tocavam na bola.
Gols: Bebeto, aos 38 minutos do primeiro tempo, Falcão e Zidane, aos 16 e 21 do segundo, Cacá Ferrari, aos 34, e Leandro Damião, aos 41
AMIGOS DE RONALDO: Dida (Danrlei); Cafu (Caca Ferrari), Junior Baiano (Rever), Roque Junior e Roberto Carlos (Serginho); Emerson (Roger), Paulinho e Zico (Leandro Damião); Bebeto (Lucas), Neymar (Juninho Paulista) e Ronaldo (Djalminha). Técnico: Márcio Atala
AMIGOS DE ZIDANE: Vitor Baía (Diego Cavalieri); Michel Salgado, Hierro (Dedé), Montero (Gamarra) e Sorín (William); Karembeu (Guiñazu), Deco (Ljungberg), Nakata (Alex), Solari (Falcão) e Zidane (Deco); Pauleta (Loco Abreu) (Jardel). Técnico: Paulo Paixão