Embratur realizou seminário para discutir o turismo de eventos no Brasil

[Por Business Travel, 30/08/2012]
A Embratur – Instituto Brasileiro de Turismo reuniu-se ontem com empresários, especialistas e entidades do turismo para discutir estratégias de crescimento do turismo de eventos no Brasil e a importância do segmento, no momento em que o país se prepara para receber grandes eventos internacionais. Marco Lomanto, diretor de Produtos e Destinos da Embratur, abriu a reunião falando que o encontro visava aproximar as entidades públicas e privadas, para o melhor aproveitamento do Programa de Apoio à Captação e ou Promoção de Eventos Internacionais.
Na oportunidade, Lomanto lembrou que 50 milhões de viagens são realizadas anualmente no mundo, com objetivo de participar de eventos ou grupos de incentivo e U$ 30 bilhões é a movimentação estimada do segmento MICE – Meetings, Incentives, Conventions and Exhibitions no mundo. “O gasto médio diário dos visitantes, em viagens de negócios ao Brasil alcançou um valor superior à média de um turista de lazer. São 285,10 dólares do turista de negócios comparado a 68 dólares do turista que vem a lazer”, disse.
A primeira apresentação foi sobre estratégias de apoio à captação e promoção de eventos internacionais. Lomanto e Maria Katavatis, gerente de Congressos, Negócios e Incentivo da Embratur, falaram sobre consolidar o Brasil como um dos 10 destinos que mais recebem eventos internacionais, prolongar a permanência do turista proveniente de viagens a negócios e incentivos no país, bem como, ampliar o volume de divisas gerado por essas viagens e pelos eventos. O diretor também lembrou que o 2° chamamento público, que teve sua publicação em julho de 2012, está com as inscrições abertas até 12 de setembro de 2012. “O programa apoiará Eventos Técnico Científicos, Corporativos e Esportivos para ações no exterior que compreendem o período de outubro de 2012 a julho de 2013”.
As apresentações seguintes abordaram os temas: Legislação dos Convênios, dada por Carlos Alexandre Mendonça, da Procuradoria da Embratur; Celebração e Prestação de Contas de Convênio, feita por Paulo Strack, da Central de Convênios da Embratur e por último, questões sobre Contratações no Chamamento Público, tema falado por Nadja Lordelo, da Auditoria da Embratur. A programação do seminário seguiu com palestra de Flávio Dino presidente da Embratur, Jeanine Pires, presidente do Conselho da WTM Latin America, Eduardo Sanovicz, presidente da Abear – Associação Brasileira das Empresas Aérea e outros especialistas do turismo brasileiro.